O SegredoReflexãoVida

Encontrei meu lugar no mundo

Quando se tem muito a falar: Abraçamos com a certeza que todas as palavras que deveriam ser pronunciadas, estão sendo ditas em silêncio com o som das batidas do coração.



Abraço é resumo de algo que você não consegue com a exatidão perfeita, pronunciar a outro alguém.

Quando a vida anda meio sem cor e sem cheiro tudo que mais queremos é aquele abraço apertado  dos nossos pais. Onde as palavras não são necessárias, somente o aconchego daquele cantinho do qual você não quer mais sair.

Abraço é como um chá de camomila, que nos tranquiliza das maiores dores do mundo e nos transporta para aonde mais queremos ir.


Tem o abraço desajeitado, o apertado, aquele que te remete a uma dança coreografada de tanto que você arremessa para um lado e para outro a quem você está abraçando, tem aquele que vem acompanhado por lágrimas, tem o que vem com tapinhas nas costas, tem aquele que você sonha em ganhar, tem o de aeroporto, existem tantos abraços e alguns bem diferentes… Mas abraço é abraço!

Não tem como haver um tiquinho sequer de mágoa, quando o abraço é verdadeiro. É cinema mudo, um jogo de braços, respiração ofegante, coração batendo forte e pronto: Abraço!  Bom mesmo é quando você  abraça e fecha os olhos e em um passe de mágica você é transportado para o melhor lugar do mundo.

Abraço é um estado de paz! Não necessita explicação cientifica e muito menos filosófica para o estado no qual você se encontra  após um abraço bem dado e não existe maneira mais deliciosa de descobrir isso a não ser abraçando!

 


Como ser mindful: 4 técnicas importantes

Artigo Anterior

Felicidade é saber apreciar as pequenas coisas da vida

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.