Enquanto é Natal



“Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente”.
(Jesus Jo 10, 10)

Enquanto é Natal,
deixe o espírito da generosidade se espalhar,
não se esqueça dos desvalidos que nada tem,
que esperam pelo pão como em todos os dias do ano.
Aqueles que cruzamos e parece que não vemos,
os pedintes de toda a sorte que esquecemos.

Enquanto é Natal,
deixe o espírito da solidariedade se espalhar.
Visite o doente esquecido no leito de um hospital,
o albergado que se esconde da miséria,
o presidiário recluso, esquecido, desiludido,
o idoso recolhido no asilo das nossas emoções.

Enquanto é Natal,
deixe o espírito da perseverança se espalhar,
sem esquecer de mais de 1 bilhão de pessoas passam fome,
e não será diferente nessa noite.
Enquanto alguns se fartam em mesas onde sobram alimentos,
os pobres esperam pela migalha que cai ao chão,
restos da nossa hipocrisia.



Se comemoramos o aniversário de Jesus,
porque não agimos como Ele?
Porque não sair pelas ruas buscando os doentes,
dividindo o pão, curando enfermos da alma,
conversando sobre as coisas do céu,
mostrando uma parte do caminho,
revelando um pouco da verdade,
levando a vida,
como Ele fez.

Enquanto é Natal, seja luz,
distribua o seu melhor, espalhe a Boa Nova,
Ele vive e está entre nós,
buscando quem tenha olhos de ver,
corações dispostos ao trabalho de plantar esperanças,
semear amor para colher um mundo melhor.
Enquanto é Natal, Feliz Natal.

Ele acredita em você!
Paulo Roberto Gaefke






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.