Enquanto o ser humano não conseguir enxergar o outro como a si próprio, o mundo não mudará!



Você está no próximo também. –Enquanto o ser humano não conseguir enxergar o outro como a si mesmo, o mundo não mudará.

Guerras e mais guerras irão deslanchar e as competições por status ou um mínimo de valorização ao ego irá se instalar de forma a contribuir ao caos.

Tudo é um reflexo nosso. Cada palavra, cada gesto, cada olhar. Nenhuma atitude do outro em relação a você te faz o “coitado” ou “coitada” da situação.

Você é completamente responsável pelo que te acontece.

Vale dizer que você é o criador da sua realidade, consciente ou não disso.

Mas é muito mais confortável pensar que o outro é culpado. Que estamos corretos em nossas atitudes e ainda, que o outro nos deve desculpas!

Gente, ninguém deve nada a ninguém. Isso é fantasia. Isso está longe do amor incondicional.

Seria mais produtivo se você parasse por alguns instantes do dia e dar uma devolvida. As energias que os outros te deixaram de brinde, resgatar seu poder pessoal e cocriar a realidade que deseja.

Às vezes, nós desconfiamos do fácil! Ok, na maioria das vezes procuramos aquela pulga para coçar e fazemos o maior drama nas situações mais bobas. Chega, né?!



Mesmo com a eternidade a nossa frente, acredito que temos que aproveitar a vida no agora para evoluir e viver intensamente da maneira que desejamos, na maneira mais plena do espírito.

Lembram do yin-yang? Do equilíbrio? Essa semana estava estudando sobre o ser humano se desenvolvendo na espiritualidade e a contradição em viver no mundo material.

Minha mente falava para escolher entre um e outro. Senti que tem como ficar em cima do muro, pois é onde a balança tem ponto de equilíbrio, é onde o lado espiritual tem uma pitada do material e vice- versa.

Após perceber isso, já me sinto muito fora da matrix. Os filmes de guerra, o falar mal das pessoas, ter atitudes negativas, arrepiam-me. Provavelmente vai demorar muito para sociedade perceber-se em casa, indivíduo e cessar disputas e isso na verdade não importa.

O importante é cada um de vocês, leitor, leitora, realizar esse manejo na emissão de frequências mais elevadas. Com isso, há o Salto!

Muita luz !

______

Direitos autorais: tomertu / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.