Amor-PróprioColunistasO Segredo

Então, vamos combinar: ame ao próximo, ame ao seu amado, mas ame-se antes de amar quem quer que seja.

O mestre Tom Jobim que me perdoe, contrariando o “eu não existo sem você”, compreendi, durante a jornada, que precisamos existir além do outro.



Essa letra só fica legal mesmo em músicas.

Na realidade? Funciona não…

Ninguém deve ser o motivo da sua existência, exceto você!


Sei… Isso é fato.

Porém, algumas vezes nos esquecemos disso e que grande engano cometemos.

Precisamos sempre trazer a nossa memória que mesmo amando o outro, o amor próprio é a base para amar aos demais.

Se não praticarmos esse amor próprio, correremos um sério risco de nos perdermos de amor pelo outro e…


Perdermos o outro exatamente por esse motivo.

Então, vamos combinar: ame ao próximo, ame ao seu amado, mas ame-se antes de amar quem quer que seja.

Trate-se bem, se queira…

Apaixone-se por você!


Depois, bem depois, externe esse amor.

Só assim você vai perceber que a gente só ama, quando se ama.

Se não for assim, é perda de tempo, ou melhor, de vida!

_____


Layde Lopes

6 incríveis usos medicinais do mel

Artigo Anterior

7 surpreendentes fatos psicológicos que todo mundo precisa saber

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.