publicidade

Entrelinhas no roteiro de “titanic” que inspiram mudanças sociais…

#NarrativasQueInspiram – Entrelinhas no roteiro de ‘Titanic’ que inspiram mudanças sociais

Quem nunca viu o filme ‘Titanic’, de James Cameron, pelo menos já ouviu falar da história de amor de Rose e Jack.



No entanto, o roteiro da produção tem em suas entrelinhas uma crítica social bem forte, além de ser uma das histórias de superação mais inspiradoras.

Ocorrido na década de 1910, o terrível desastre que causou a morte de dezenas de pessoas, quando o navio Titanic afundou no gélido Atlântico norte em sua primeira viagem, não é um relato história, tão pouco se trata de uma simples história de amor. O roteiro de ‘Titanic’ mostra muito claramente como funcionava a sociedade daquela época, ao mesmo tempo que convida o público a analisar melhor as sociedades atuais, buscando assim que os erros não se repitam.

No filme de James Cameron, além de todos os cuidados na reprodução dos espaços comuns do Titanic em cenários fielmente construídos, também foi desenvolvido um mini universo da sociedade da época dentro do navio; onde Rose representava a opressão sofrida pelas mulheres e Jack a discriminação pelo simples fato de ser alguém que precisa lutar pelo pão a cada dia.


O objetivo era mostrar as injustas cometidas por uma sociedade falha e corrupta, oculta pelo véu da tradição, inspirando o público a buscar sempre mudanças para as futuras gerações.

Com o amor de Rose e Jack as críticas são feitas e também é mostrado que é possível mudar as coisas para melhor, quando estamos realmente dispostos.

Enquanto os acontecimentos que levaram o Titanic para o fundo do mar se desenrolam, Jack mostra a Rose que sempre há uma forma de se superar.

Mesmo que as coisas pareçam sair do controle, não se pode desistir de tentar melhorar. Ao mesmo tempo que questões envolvendo discriminação e corrupção são mostradas para o público, de forma a inspirar uma reflexão sobre o que é tradição e o que é simples desculpas para encobrir má conduta e falta de caráter.


Isso porque a tradição da época dizia ser válido “negociar” as filhas em casamentos por conveniência. Assim como tratar homens sem posses como descartáveis. Então é no caos do acidente que é claramente revelado que não é berço de ouro que torna alguém digno, é simplesmente fazer o certo.

Apesar das duras críticas incluídas no filme de James Cameron, o roteiro de ‘Titanic’ mostra bem que a atitude correta de uma pessoa, pode mudar uma vida e que no fim das contas se cada um tentar diariamente ser alguém melhor, teremos uma sociedade justa. Já que o importante é manter a integridade, não aceitando o que é claramente errado porque outros dizem ser “tradição”.

Tradições são boas, desde que funcionem para melhorar a sociedade. Quando isso não acontece, precisamos lutar por mudanças, para que os mesmos erros não sejam repetidos e um mundo justo e digno seja construído para todos nós.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.