Comportamento

Escola quer que mães parem de usar roupas decotadas e curtas ao levar seus filhos. Não dão “bom exemplo”

Um recado bastante particular foi enviado para pais e mães que levam suas crianças para a escola. Entenda!



As roupas mais curtas e os seus usos, especialmente por mulheres, são um tema que sempre está em alta, já que as pessoas podem ter opiniões muito diferentes, quando se trata de decidir a vestimenta mais “adequada” para cada ocasião.

Enquanto alguns acham totalmente absurdo usar roupas decotadas e justas em determinados locais, ou até mesmo da casa para fora, e associam esse comportamento a algo vulgar e desrespeitoso, outros defendem que as pessoas devem ter a liberdade de usar o que quiserem e onde quiserem, e que a sociedade precisa lidar de forma mais madura com essa questão.

No entanto, apesar de cada um ter direito à própria opinião, quando estamos em lugares que não são de nossa propriedade, muitas vezes, somos sujeitos a regras específicas, que nem sempre coincidem com a própria maneira de viver, o que pode levar a polêmicas.


Foi isso que aconteceu com alguns com pais cujos filhos estudam na escola infantil Seymour Primary, na Inglaterra, segundo o The Sun. A escola fez uma carta pedindo para os responsáveis que frequentam a instituição deixarem de usar determinados tipos de roupas.

O comunicado foi publicado porque a escola percebeu que algumas mães estavam aparecendo com roupas como minissaias, tops decotados e pijamas.

Segundo a escola, usar esse tipo de roupa, especialmente em determinados horários do dia, “não é dar um bom exemplo” para as crianças.

Carol Collins e Emma Eardley, algumas das responsáveis pela instituição de ensino, disseram ao portal de notícias que a nota pedindo que os pais se vistam de maneira mais “adequada” foi criada como uma resposta ao número crescente de pais que pareciam usar “roupas íntimas” dentro do ambiente escolar.


A escola é bastante tradicional e também possui regras estritas para os alunos, a fim de que tenham “um sentimento de orgulho e compromisso com seus valores”.

Segundo o The Sun, alguns responsáveis se manifestaram sobre a nota. Um pai disse que já testemunhou mães de roupão e chinelos, ou usando minissaia transparente e top curto em um dia frio, e acrescentou que a escola não é uma passarela. Já outro disse que o tom da nota produzida pela escola é “exagerado”.

O que você pensa sobre isso? Acredita que a escola está certa ou discorda de seu posicionamento?

Comente abaixo e compartilhe o texto nas redes sociais!


 

Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.

Caixa de supermercado paga compra de mãe que estava sem dinheiro para alimentar os filhos

Artigo Anterior

Jesus morreu na cruz para nos provar que podemos vencer qualquer obstáculo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.