Colunistas

Escolha bem seus sentimentos e suas emoções

Escolha bem seus sentimentos e suas emocoes 1

Existem sensações, emoções que libertam, existem sentimentos que escravizam…

Tudo depende do teor do seu sentimento e de tudo que escolhe alimentar…

A vida se apresenta hoje de uma forma, sonhos e planos de determinado jeito, nutre-se a forma de pensamento, a forma de sentimento que puder, de acordo com a sua construção interior, com o seu entendimento.

Os panoramas se modificam, o que antes era um jardim em flor, talvez amanhã possa ser um campo seco sem condições de plantio…

A vida vai ganhando novos contornos, novas formas.

Diante da ausência de algumas pessoas, diante dos vários aspectos da vida que se alteram todos os dias… A idade e o tempo não param de mudar… As experiências vão moldando cada um. De acordo com as possibilidades e entendimento de cada um, as experiências vividas podem ser teias, ou serem libertadoras e fortalecedoras…

Tudo irá depender de quem observa e vive as experiências, a vida… Compreendendo, ou desacreditando nos contextos diversos que se apresentam.

O que podemos saber é que, na vida, você necessita de muita sabedoria, boa vontade, destreza, sutileza, paciência, e muitas doses de “deixa para lá”… Muitas coisas que acontecem cotidianamente, muitas coisas que aborrecem não têm a mínima relevância na grandiosidade da vida, mas é preciso um “malabarismo pessoal” para não enfatizar coisas e emoções que só desequilibram. É preciso muito discernimento para equilibrar todas as emoções.

Deixe ir, deixe passar, solte os sentimentos que só limitam, restringem, impedem. Deixe para lá, esqueça, desligue… Solte todos os momentos mal vividos.

Deixe para lá todas as coisas que não se encaixam, que não combinam mais com o seu atual momento.

Existem coisas que, quando se quebram, não são possíveis de colar…

Aceitação, e não paralisação! Entendimento, e não aborrecimento. Ultrapassar, deixar ir embora, soltar, libertar…

Seguir de uma forma mais natural, mais decidida, de querer encontrar tudo aquilo que faz maior sentido e traz paz à vida.

Queira trazer para perto pessoas que combinem mais, situações que contribuem para esse novo momento de vida.

Conseguir ultrapassar e vencer todas as dificuldades do caminho sem embrutecer a face, o corpo, o coração. Ter leveza na emoção e na razão para não se transformar em alguém feroz, para ter mais paz.

Para não se transformar em alguém inquieto e atento demais a coisas que tiram a paz, ou se tornar alguém rígido, que só crítica e julga todos no caminho.

Optar por uma forma mais branda, mais leve de ser, combina mais com uma percepção da alma de não trazer para si todos os males dos outros, do mundo, isso ajuda a viver. Conseguindo dessa forma, ter mais cooperação, gratidão, comunhão com a vida e com todos, enriquecendo a alma de boas emoções. Tendo a opção de levar mais leveza e equilíbrio à razão e mais discernimento ao coração.

É possível ser fonte de melhores pensamentos e conseguir lidar com tudo de uma forma mais assertiva, ter abundância e tranquilidade, não ter pressa e não se afobar nas decisões. Ter maior clareza nas emoções, e na razão.

Você é capaz de fazer graduais transformações e vencer muitas ilusões, criando melhores condições de vivenciar sua realidade com melhores realizações.

Não seja refém das circunstâncias, posicione-se com tranquilidade, sinta o seu ser, perceba os seus reais sentimentos e emoções, as suas reais condições. Equilibre seu interior, veja o que sua razão aconselha, ouça também a sua mente lúcida, tudo é uma combinação da mente e do coração, afinados como em uma sinfonia e, então, tome sua decisão com firmeza.

Seja livre com tudo o que sente e pensa, tudo que o aprisiona não faz bem, nada que o escraviza merece permanecer na sua jornada de vida…

A vida é para ser vivida com alegria e libertação!

0 %