publicidade

Escolhas erradas, também levam a lugares certos.

A única coisa palpável que fica do nosso passado, são as lembranças, e a certeza, de que, o que passou, passou, e não volta mais!



No entanto, não são todas as pessoas, que acham que as escolhas que fizeram no passar dos anos, foram corretas e sentem-se felizes com isso.

A grande maioria tem arrependimentos! Alguns em menor escala, outros em maior, mas os arrependimentos sempre estão presentes, pensamentos acerca do que passou, e questionamentos tais, como seria se as minhas escolhas fossem diferentes…

Creio, que não existe nada pior, do que viver uma vida questionando erros, culpando-se, maltratando-se por escolhas que foram feitas e que não podem ser desfeitas, pois essa, é mais uma certeza de que temos acerca do passado! Ele não pode ser desfeito, mas…

Você já cogitou a hipótese de que as escolhas ‘’ erradas ‘’ que você fez no passado, foram responsáveis por moldar o que você é hoje? E que, uma vírgula que fosse mudada, traçaria estragos enormes na sua evolução espiritual? Pois é, acontece que é muito mais fácil, pensar em como estaria sua vida hoje se tivesse feito certo, levando em conta apenas os prós, do que deixar de se culpar e pensar em, como seria sua vida hoje, ‘’ negativamente’’ se você tivesse feito tudo diferente!

Tudo! Quando eu digo tudo, é tudo mesmo! Seus erros, seus acertos, suas lágrimas, suas falhas, não foram um acaso! O acaso foi criado para tornar aceitáveis, questões que não podemos ver, questões espirituais, que apenas podemos sentir!


Cada tropeço que hoje você considera fatal e que se arrepende, serviram para que esse pensamento viesse até você.  Neste momento determinado por Deus, suas escolhas erradas  levaram-no a caminhos certos e, nem sempre, suas escolhas certas  são garantias de  caminhos certos, pois  Deus tem seus próprios caminhos, Deus tem seus métodos,  e nossa mente humana não é  suficiente para entender esses caminhos. Por esse motivo é inútil  questionar algo que não podemos mudar. O martírio e a culpa  são como uma venda que colocamos em nossos olhos, que nos impede de ver as coisas tais como são de verdade. Sem seus erros você estaria parado no tempo e  jamais tornaria-se um ser humano melhor.

Ninguém nunca disse que estamos aqui para ser perfeitos. Estamos aqui para errar,  aprender e evoluir com as escolhas erradas, para usar os desencontros, para acrescentar sabedoria, e não para causar sofrimento e dor.

Você errou? Perdeu Coisas? Pessoas? Dinheiro? Ok! Errar é, e sempre será,  natural do ser humano, pois estamos em contínuo processo de construção, as perguntas que devem ser feitas a si mesmo são: No que esses erros e perdas te mudou? O que você tirou de aprendizado disso tudo? Como você é hoje? Quais as coisas que você valoriza, que antes não valorizava?


Seu passado não te define, ele fez parte de você mas não é tudo o que existe em você, você é mais do que seus erros, você é mais do que suas falhas, não permita que ninguém te acuse ou te diga o contrário, nem mesmo você!

Use o ‘’ errado’’, para fazer o certo! Se suas perdas forem irreparáveis, coisas novas virão, pessoas novas e, sempre, sempre haverá oportunidades de fazer escolhas diferentes e ter atitudes diferentes.

Não se julgue, não se culpe, você foi perdoado no momento em que o arrependimento bateu a porta do seu coração, pela única pessoa poderia te julgar, Jesus!

E se ele te perdoou, por qual motivo você ainda se julga e se condena diariamente?

Liberte-se desse martírio, use cada erro para tornar-se melhor. Suas escolhas erradas te trouxeram ao lugar certo, o aqui, o agora, e a partir desse agora, você viverá das escolhas corretas!

Por- Luana Costa – Borboleta Azul.

_________

Direitos autorais da imagem de capa: alphaspirit / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.