Escolher a paz atrai a abundância para as nossas vidas

6min. de leitura

Quando escolho usar a paz a meu favor, entro em harmonia com o divino, e será essa vibração a resposta ao meu desafio, que me guiará para a devida solução do conflito/problema.



Nossos mestres da Antiguidade nos deixaram uma importante mensagem: a busca da paz interior, assim como a da felicidade plena, irmã de uma paz indescritível e sem medidas, começa no momento presente, no nosso agora. Isso porque é puramente a consequência de nossas escolhas, escolhas que fazemos a todos os momentos.

Como consigo evoluir em meio ao caos da minha vida? Eis a razão do caos: movimentar-nos para que nossas respostas sejam de paz. O suposto caos em que muitos vivem é uma oportunidade valiosa para o exercício da escolha da paz e do amor. Não existe dificuldade que não seja uma resposta de amor e paz.

Quando eu escolho erguer a bandeira branca da paz no meu coração, dou um precioso passo em direção à conquista plena da verdadeira felicidade para a minha vida. Tudo na vida é questão de aceitação e permissão. É preciso verificar se se está aceitando abraçar a paz, e uma paz absoluta, que chega acompanhada de todos os benefícios da lei da atração e que é inexorável a todo aquele que, mais do que compreender esse processo, já o pratica e colhe diariamente os benefícios que ele acarreta.


Por mais desafiante que uma situação possa parecer, exigindo de nós, mais do que nunca, que pratiquemos as lições do mestre Jesus, será a nossa maneira de lidar com o problema, que desencadeará consequências que terminem na sua resolução ou, infelizmente, em complicações.

A vida exige postura, exige atitude. Nossos desafios são equivalentes ao tamanho da nossa força.

É sempre bom ouvir de quem amamos que somos fortes e conseguiremos vencer uma situação, porque isso é verdade. É como o ditado popular: “Deus não dá uma cruz maior do que a que podemos carregar”.

Importante somente ressaltar que a nossa mente, muitas vezes, pode ir em busca de soluções mais complexas e desafiantes, ou seja, caminhos mais difíceis para a resolução do que se passa conosco. E isso é muito mais comum do que se imagina.


Ocorre que simplificar nosso modo de pensar pode ajudar – e muito – em nossos desafios. Diante de uma barreira intransponível, pare, sente-se, inspire três vezes seguidas, soltando o ar rapidamente, e medite também, se possível.

Depois você pode até colocar no papel ideias, planejamentos, enfim se organizar! Porque é preciso que você veja tudo claramente antes, tudo o que está à sua frente, só assim conseguirá enxergar saídas mais inteligentes e práticas do que apenas uma solução que no momento lhe pareça impossível.

Somos mais fortes do que acreditamos ser!

Conversar sobre o seu problema é sempre bom, as pessoas costumam ter o que acrescentar de conhecimento próprio, mas tenha em mente que é você quem precisa primeiramente se entender com tudo, para depois entender a complexidade ou não da situação. Tudo isso porque, no calor do momento, quando tudo acontece, nossa resposta emocional pode ser por demais intensa, impedindo-nos, no primeiro momento, de ver tudo com melhor clareza, clareza esta que é o que nos auxilia na tomada de qualquer decisão. Por isso, importante parar um pouco e se nutrir dessa força que está em nós porque, sem dúvida, sempre somos muito mais fortes do que imaginamos e dizemos que somos.

Quando eu escolho utilizar a paz a meu favor, eu entro em harmonia com o divino, e será essa vibração alcançada por mim a resposta ao meu desafio, que tratará de me guiar para a devida solução do conflito/problema.

Faça a sua parte e permaneça em paz, porque o seu melhor já terá sido feito. Lembrando que, quando se escolhe não escolher, ou seja, não tomar uma decisão ou atitude em relação ao que está à sua frente, isso também é uma escolha com todas as suas consequências intrínsecas.

Pensando nas voltas que a vida dá, em que numa hora se está vencendo e noutra perdendo, é possível perceber que a paz é algo inerente a nós, algo que, quando fixamos em nossa mente e coração, com a total consciência de querer vivê-la, nós conseguimos, até mesmo diante de desafiantes problemas.

Todos somos capazes de viver a plenitude de uma paz indescritível e sem medidas.

Se assim a buscarmos, se assim a cultivarmos, ela então se tornará “essência-base” que norteará nossos caminhos rumo a uma vida mais completa e feliz sempre.

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: microgen/123RF Imagens.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.