Comportamento

Escute o seu coração… confie na sua verdade! porque cada um tem a sua.

Escute mais o seu coração…



Muitas vezes, as pessoas respondem algo e depois emendam com “não sei”. Respondem algo como: “Ah, X, não sei”. “Y, sei lá”.

É ou não é, afinal?

Nessa vida corrida, com muitas vitrines para olhar, coisas incríveis no mundo virtual e no mundo real, acabamos por esquecer de olhar para dentro, para o nosso mundo interno.


E pior, quando olhamos para dentro, buscamos racionalizar as coisas, tentando fazer com que tudo tenha lógica e se encaixe em algum conceito que ouvimos falar. Esquecemos de sentir e de usar a nossa intuição, tão importantes para a nossa vida.

Sentimos, e logo questionamos… Será? Duvidamos de nós mesmos, em muitas situações. É, ou não é?

Confie na sua verdade! Porque cada um tem a sua. E tudo bem mudar de ideia a qualquer momento também. A vida não é uma conta matemática, exata e pronto.

Na vida, tudo é muito relativo. Podemos ter experiências a princípio parecidas, mas completamente diferentes em tantos aspectos. E isso é incrível.


E isso é maravilhoso nas relações também: abrir nosso “coração” para outra pessoa e ouvir o que ela tem a dizer.

Em todas as relações, desde as menos íntimas. A diferença é fascinante. A troca. O compartilhamento de ideias, belezas e individualidades, porque cada um tem uma configuração única também, com a união de suas características e experiências.

Quando racionalizamos muito, esperamos, não agimos, duvidamos de nós e dos outros. Quando sentimos, permitimo-nos alcançar também o sentimento do outro e dar espaço para a beleza da simplicidade dos momentos.

É importante tirar um tempo da confusão da mente e do mundo e aproveitar para focar em olhar para dentro. Esse olhar nos fortalece e nos dá a chance de olhar para o outro com um olhar mais humano e compreensivo, a partir do momento que nos compreendemos melhor.


Porque, às vezes, perdemos pistas muito importantes para a nossa vida, porque não tivemos a sensibilidade de escutar a nós mesmos. E nesse movimento, também nos fechamos a escutar ao outro.

__________

Direitos autorais da imagem de capa: wavebreakmediamicro / 123RF Imagens


É por isso que muitos introvertidos vivem relacionamentos tóxicos:

Artigo Anterior

“nunca podemos julgar a vida dos outros, porque cada um sabe da sua própria dor e renúncia.”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.