Comportamento

Esposa de paciente acusa enfermeira de “sexualizar uniforme” durante atendimento

2 capa Esposa de paciente acusa enfermeira de sexualizar uniforme durante atendimento

A mulher afirmou que, se ela fosse assediada pelos pacientes, provavelmente era porque usava roupas muito “sexualizadas”.



A cada geração, mulheres vêm ocupando mais espaços, tentando se fazer ouvidas e respeitadas. O direito ao estudo, voto, trabalho fora de casa, um salário digno, independência e autonomia, pedindo apenas para serem tratadas da melhor maneira possível, sem sofrer preconceito por conta do gênero, são conquistas de poucas décadas.

Essa garantia de direitos fez com que elas precisassem batalhar (e muito) para tentar receber o mesmo respeito que os homens em alguns espaços, por exemplo, no ambiente profissional. Não são poucas as mulheres que relatam sofrer assédio moral, sexual e importunação por colegas e patrões, como se estivessem ocupando um espaço que não lhes pertence.

Foi justamente isso que aconteceu com a enfermeira Jordann Nagel, de 24 anos, que precisou ouvir da esposa de um paciente que suas roupas eram “sexualizadas demais” e que deveria usar algumas que fossem mais largas.


O caso aconteceu na Carolina do Sul (Estados Unidos), e a jovem compartilhou a história no TikTok, que teve mais de 4,6 milhões de visualizações. Ela estava verificando os sinais vitais de um paciente que já ia receber alta, quando a esposa lhe perguntou o que ela estava vestindo.

Achando que a mulher estava apenas curiosa pela cor ser chamativa, ela comentou que realmente eram bem fortes, mas que gostava da roupa. Mas ela imediatamente explicou que não estava falando sobre a cor, e sim sobre o formato e ajuste das peças.

Jordann relata que ficou um pouco confusa, sem saber ao certo sobre o que a esposa do paciente falava, mas ela acabou dizendo que as peças eram muito justas. A enfermeira explicou que existiam duas possibilidades de uniforme: os que eram mais largos e os que estava usando, com estilo jogger.

2 2 Esposa de paciente acusa enfermeira de sexualizar uniforme durante atendimento

Direitos autorais: reprodução TikTok/@jordannagelrn.


2 4 Esposa de paciente acusa enfermeira de sexualizar uniforme durante atendimento

Direitos autorais: reprodução TikTok/@jordannagelrn.

A jovem ainda conta que muitos profissionais da área da saúde usam os mesmos uniformes que ela e que não tinha simplesmente pegado as peças e as ajustado por conta própria. Mas a esposa do paciente continuou, e disse que eram as calças justas que estavam fazendo com que enfermeiras fossem “sexualizadas” no ambiente de trabalho.

Desconfortável, mas sentindo que precisava se impor, Jordann explicou que nunca tinha se sentido sexualizada em suas roupas de trabalho até aquele momento, e que, assim como os demais uniformes, cumpriam sua função. Mesmo que tivesse optado por um estilo diferente, suas roupas ainda não poderiam ser vistas como motivo para sexualizar uma funcionária.

2 3 Esposa de paciente acusa enfermeira de sexualizar uniforme durante atendimento

Direitos autorais: reprodução TikTok/@jordannagelrn.


Mas a esposa do paciente continuou defendendo seu ponto de vista, explicando que se não quisesse ser sexualizada pelos pacientes, deveria usar um uniforme mais largo. Jordann revidou com ironia, dizendo que era sua roupa que causava problema, e não o “marido pervertido” dela, e se despediu.

Nas redes sociais, muitos usuários demonstraram apoio a Jordann, descrentes que os pacientes têm a capacidade de ofender os profissionais da área da saúde com suas “opiniões” enquanto estão recebendo ajuda justamente deles.

Uma seguidora explicou que acredita que o comportamento da mulher deve ser visto como misógino, já que, provavelmente, não se comportaria da mesma forma com um enfermeiro homem.

Mais de um seguidor explicou que o problema não está nas roupas de Jordann, caso contrário, nenhuma enfermeira que usasse roupas largas e jaleco seria sexualizada ou sofreria assédio na vida, mas essa não é a realidade.


Um homem que trabalha na área da saúde contou que prefere as roupas mais folgadas, mas que isso nunca impediu que pacientes dessem em cima dele, pedindo que todos começassem a normalizar as roupas desses funcionários, que recebem muitas críticas, caso queiram modificar a forma como se vestem.

Pais se revoltam depois de escola retocar “imperfeições” dos filhos nas fotos!

Artigo Anterior

Teste viral: quanto tempo você leva para encontrar o peixe diferente no desenho?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.