5min. de leitura

Esqueça a ideia de que um homem deve lhe servir!

Se você acha que o amor de um homem é medido pelo tanto que ele lhe serve, você pode estar errada. Um homem vai ter a vida dele, mas o amor dele se mede pelo espaço que ele dá e o quanto ele se entrega ao amor, sem perder sua essência.  


Por incrível que pareça, vivemos na geração de mulheres que lutam por sua independência diariamente, mas algumas ainda parecem não entender que, para um relacionamento dar certo, ou qualquer nome que você possa chamar a conexão profunda que há entre você e uma pessoa, é necessário doação, entrega.

O meu principal questionamento é por que só eles que devem planejar os passeios, só eles que devem pagar aquele lanche que você tanto ama e aprecia? Aterroriza-me a geração de mulheres que vai de um extremo ao outro. Em um dado momento, dependem dos homens e acham que eles são obrigados a ceder aos seus caprichos, e que isso é uma prova de amor para que ele a mereça (como se você fosse um troféu, não é, linda?) e em outro momento desprezam o homem com um “eu não preciso de você”, tenho meu emprego, meu dinheiro.

Mas, mulher, entenda a importância de um trabalho, entenda que se você quiser usar um lindo vestido, comprar sua própria comida e pagar sua academia, você mesma precisa correr atrás disso.

Se tiver uma louça, lave. Se precisar trocar um pneu, troque. Não entendo a necessidade de ser mimada assim. Homens são seres individuais, por natureza. Se o seu discurso de que você não nasceu para correr atrás de homem vale, por que não valeria para eles?


Você transmite aquilo que você reflete. Ninguém vem ao mundo com o propósito de fazer provas de amor para o outro. Ninguém vem ao mundo para morrer por alguém (a não ser que essa pessoa acredite em um cenário de contos de fada, ou seja, um adolescente com seu primeiro amor, onde cenários são belos, impossíveis e intangíveis).

Homens de verdade gostam do bom carinho, da boa conversa da mulher que tem atitude, daquela que dá o carinho, que acrescenta na vida dele.

Não me venha dizer que eles amam ser pisados porque em primeiro lugar, ao menor sinal de desinteresse, eu apenas me retiro com toda educação. Homens são seres humanos como nós.

Tem dias ruins, são caóticos. Mudanças de humor são presentes neles, seja porque eles não bateram a meta no trabalho, seja porque aquele gol tão esperado foi para fora, seja porque no dia de estresse dele, aquela cerveja estava gelada ou a camiseta do time favorito dele manchou.


O mundo dos homens não gira mais ao redor das mulheres. Eles não pensam apenas em sair dando ideia em todas, em ficar por ficar, alimentando situações que nada acrescentam na vida deles. Eles nasceram para honrar seus compromissos, trabalhar duro, preservar sua liberdade tão valorizada.

Se você acha que o amor de um homem é medido pelo tanto que ele lhe serve, você pode estar errada. Às vezes, um menino vai querer impressioná-la mostrando-se diferente e tratando-a como “nenhum” tratou.

Um homem vai ter a vida dele, mas o amor dele se mede pelo espaço que ele dá e o quanto ele se entrega ao amor, sem perder sua essência.

Portanto, ame mais o homem e compreenda mais seus universos. Querer tudo só para você não é sinal de amor, é sinal de egoísmo. Querer prender e sufocar não é sinal de amor, é abusivo.

Da mesma forma que você ama sua vida, ele ama a dele também. Meninos ficam porque têm companhia garantida, homens vão embora porque não faz sentido permitir que uma mulher atrapalhe seus planos e cometa os mesmos enganos.  


Direitos autorais da imagem de capa: Candice Picard on Unsplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.