5min. de leitura

Esta história sobre uma borboleta vai ensiná-lo como enfrentar as dores da vida

Histórias de ficção ambientadas em situações comuns para os seres humanos são muito eficientes em ensinar lições valiosas para nossa evolução. Essas histórias muitas vezes são metáforas protagonizadas por animais ou por pessoas que não existem, mas que incorporam nossas características principais, para que possamos nos identificar e assimilar a lição com mais facilidade.


Trazemos hoje uma dessas histórias para você. Ela conta a história de uma borboleta e um homem, e ensina uma grande lição sobre como devemos enfrentar as dores e dificuldades da vida.

Leia-a com atenção e lembre-se dela quando estiver enfrentando um desafio em sua vida.

Certa manhã, um homem percebeu que havia um casulo de borboleta na parede da varanda de sua casa. Como parecia estar quase perto da transformação da borboleta, o homem decidiu sentar e observar o processo.

Ficou durante muitas horas assistindo a transformação, e percebeu que borboleta estava com dificuldades. Ela estava forçando seu corpo através da pequena abertura do casulo, mas não conseguia passar. Estava definitivamente presa.


Ele estava preocupado e com medo de ela não conseguir se libertar. Então, pegou uma tesoura e cortou o casulo para que ela pudesse sair. Assim, a borboleta conseguiu finalmente sair. No entanto, seu corpo estava muito pequeno e retorcido, e suas asas estavam enrugadas.

O homem, sentindo que fez o certo, animou-se e esperou que a borboleta abrisse suas asas. Mas nada aconteceu. A borboleta passou o resto de sua vida rastejando em seu corpo torcido, incapaz de abrir as asas e voar, experimentando os resultados se seus esforços, desde o seu nascimento.

Apesar de não ter percebido, foi a atitude do homem que causou isso à borboleta. A sua decisão de cortar o casulo interrompeu uma parte fundamental do processo vital da borboleta.


A dificuldade e luta para se libertar do pequeno casulo é indispensável para todas as borboletas, pois permite que elas fortaleçam suas asas e estejam prontas para voar quando for o momento certo.

A liberdade das borboletas é um resultado de sua luta para sair do casulo.

Esta história é uma analogia da própria vida. Todos temos nossas próprias lutas e testes colocados pelo Universo em nosso caminho para nos tornar mais fortes e nos ajudar em nossas jornadas.

Entretanto, muitas vezes tentamos de alguma maneira fugir dessas dificuldades, por acreditar que não são necessárias ou por pensarmos que apenas tornam nossas vidas mais difíceis do que devem ser. Também tendemos a tentar tornar o caminho daqueles que amamos ou com os quais nos importantes mais “fáceis”.

Assim, seguimos atalhos, trapaceamos ou simplesmente negamos aquilo que em nossa visão apenas nos faz mal, assim como o que o homem fez à borboleta, pensando estar a ajudando. O que precisamos aprender é que afastar as situações difíceis de nossas vidas apenas nos deixará assim como a borboleta: fracos e incapazes de voar, de conquistar nossos objetivos.

Sempre que você tiver um desafio em seu caminho e sentir medo e vontade de desistir, lembre-se de que esse desafio o levará a algo maior, ele não apareceu em sua vida apenas para fazê-lo sofrer.

Não importa o quão difícil ou doloroso seja se libertar do seu casulo, apenas assim você poderá voar e descobrir tudo o que espera por você!

Gostou da mensagem? Deixe um comentário abaixo e compartilhe com seus amigos!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: leekris / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.