ESTA SOU EU ESCOLHENDO AMAR A MIM MESMA (EM VEZ DE VOCÊ)…

Foi realmente incrível ter desempenhado um papel tão grande em sua vida, ser considerada uma constante no período de tempo que compartilhamos. Quão gloriosos foram aqueles dias, e por isso você me deu lembranças suficientes para uma vida.

Mas desta vez, enquanto eu ainda posso, enquanto ainda tenho esta parte sensata de mim, eu estou escolhendo a mim mesma.

Se eu não fizer isso agora, posso não querer mais.

Desta vez, estou me salvando – do dano potencial e inevitável. Não posso pensar em sua presença como permanente quando nossas visões para o futuro são muito diferentes. Mais cedo ou mais tarde, vamos chegar àquela bifurcação e cada um escolherá um caminho. Quando esse momento chegar, eu quero ter a força para dar um passo em direção ao meu próprio futuro, mesmo que signifique não tê-lo nele da maneira que eu queria.

Não estou afastando você. Esta sou eu finalmente colocando minhas próprias necessidades em primeiro lugar. Nunca vou me arrepender das vezes em que escolhi sua felicidade e suas emoções sobre as minhas. Nunca lamentarei os sacrifícios que fiz, o julgamento que sofri, as amizades testadas. Nunca vou me arrepender de fazer isso por você, porque o meu desejo de manter esse sorriso em seu rosto e em seu coração é e será sempre mais forte do que qualquer uma dessas coisas. Mas eu tenho que me escolher agora.

Por mais que eu queira ser um super-heroína, eu sou apenas uma mera mortal como todo mundo – meu coração tem um limite. Ele foi machucado muitas vezes. É uma surpresa, mesmo para mim, que ele ainda esteja funcionando apesar de tudo o que passou.

Desta vez, eu estou escolhendo pegar o que resta do meu coração antes que ele se quebre em um milhão de pedaços, antes que fique quase impossível juntá-lo.

Fiquei tão consumida pelo meu desejo por você que tudo o mais parecia ter se perdido. Você era o oceano no qual permiti me perder.

Você não tem ideia de quão longe eu estou disposta a ir para você. E isso me aterroriza – o que eu estou disposta a negociar, quanto de mim mesma estaria disposta a machucar apenas para que você fique ileso. Eu te daria tudo de mim. Quando chegar o momento da bifurcação, como eu vou seguir meu próprio caminho se já perdi meu próprio eu?

Acredite em mim quando digo que esta é provavelmente a decisão mais difícil e dolorosa que já tive que fazer. Dói-me escolher a mim mesma, e chegar a essa realização. Quando foi errado e inquietante colocar-me em primeiro lugar? Por que sinto que é um pecado querer me salvar de uma dor inimaginável?

Devo-me a humildade de aceitar o que pode e não pode ser. Mas o mais importante é que me devo a honestidade de admitir que provavelmente meus melhores dias foram os que passamos juntos. Nunca houve um momento desperdiçado com você, mesmo que esses momentos tenham sido de longos trechos de silêncio. Estar com você já era suficiente.

Por fim, devo-te um pedido de desculpas; não pelas minhas emoções intensas por você, mas pelo fato de eu não poder lidar com a nossa situação atual.

Se esta decisão te machucar, por favor, saiba que me machuca muito mais. Se esta decisão te deixa triste, por favor, saiba que é devastadora para mim. Mas eu preciso ser forte, porque depois de tudo em que me meti, eu mereço ter essa força.

Tudo o que estou pedindo é que você entenda porque estou fazendo isso, e não se culpe por nada. Isso é tudo sobre mim, porque eu escolhi amar com você, sem nenhum arrependimento.

Mas desta vez, desta vez, estou finalmente escolhendo amar a mim mesma.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Thought Catalog



Deixe seu comentário