ColunistasReflexão

Estás com um aperto na alma?

aperto1

Estás com um aperto na alma? Daqueles que se acercam sem preliminares e abrem uma brecha em ti? Consideras que te encontras num labirinto sem saída. Mesmo assim, procuras desalmadamente como sair. Cavas buracos no chão, na esperança que te levem de novo ao céu, ao teu céu. A noite é fria e incerta e tu nunca auguraste esse medo. Esse medo escuro, sem cor.



Alucinas e pensas que o tempo parou! E no meio do devaneio, ditas para ti, que o sonho anunciou já não ter terra para nascer. Esgravatas, esgravatas, esgravatas à procura de terra, à procura de luz, à procura de uma translúcida gota de água. E pensas: “Se ao menos existisse uma sombra, sim, porque uma sombra é sempre denotada de alguma luz. ”

Eu sei das tuas quedas, porque eu também tive as minhas…

Eu sei das tuas lágrimas, porque eu também derramei as minhas…


Eu sei das tuas insônias, porque eu também tive os meus pesadelos…

Eu sei dos teus passos, porque eu endureci de tanto caminhar…

Então eu digo-te, respira fundo, tão fundo quanto puderes, encerra os teus olhos e ergue o coração com o teu exalar. Olha agora, mesmo com os olhos encerrados, na profundidade a luz está lá. Continua a contemplar essa luz. Arruma esse medo e essa dor! Arruma como se estivesses a arrumar algo que já não te serve. Observa apenas essa luz, que está cada vez mais próxima com superior exuberância. Isso! Deixa-te ondear nessa faustosa luz. Solta uma lágrima, duas, três, as que almejares, e ao abrires os olhos vais reconhecer que, existem sombras, terra por debaixo dos teus pés, e que, as gostas de água até brotam dos teus olhos.

As lágrimas nunca devem ser desperdiçadas, quando vividas, são elas que resgatam a paz e a mansidão. E nunca te esqueças, nos desesperos temos que apreender a razão da dor, para que possamos encontrar desenlaces que a minimizem ou acabem com ela, só assim atalhamos os precipícios imaginários.


Ainda estás com um aperto na alma?

Dina Neiva

Isto é o amor!

Artigo Anterior

Não confunda meu bom humor com imaturidade!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.