Estas são as 4 emoções mais prejudiciais que uma pessoa pode cultivar. Afaste-se delas!

Estas emoções podem complicar a sua vida e afastar você da felicidade verdadeira. Mantenha distância delas!



As emoções que cultivamos desempenham uma função muito importante em nossas vidas, elas ditam as nossas prioridades e a nossa atitude em relação a tudo aquilo que nos cerca, por esse motivo, é muito importante priorizarmos as emoções certas, para que possamos seguir um caminho feliz e vitorioso na vida.

Tão importante quanto saber quais as emoções que devemos cultivar é saber aquelas que devemos evitar a todo custo, porque quanto mais longe andamos desses sentimentos prejudiciais, mais o nosso caminho se abre para encontrarmos felicidade e sucesso a cada dia.

Para ajudar você na missão de viver de forma mais sábia e feliz, listamos abaixo as quatro emoções mais perigosas que uma pessoa pode cultivar. Fique atento e afaste-se de todas elas!


1. Medo, a fonte de todo mal

Os budistas acreditam que o medo é a emoção mais prejudicial que pode governar uma pessoa porque, ao seu ver, ela está muito relacionada ao ego. Quanto maior o ego, mais vemos a realidade baseada apenas em nossos desejos e necessidades, por isso, quando as coisas se desviam um pouco de nossa vontade, nosso medo aumenta muito.

Quando nos tornamos mais sábios e humildes, compreendendo que o Universo tem lógica própria e que não seremos agradados o tempo todo, mais fácil fica aceitarmos, de mente e coração abertos, aquilo que chega ao nosso caminho.


2. Raiva, uma das emoções mais prejudiciais

O medo pode despertar o sentimento de raiva porque, quando temos medo de algo, uma de nossas reações principais é adotar uma postura de ataque ou defesa contra aquilo que tememos. Essa não é uma emoção que faz parte de nossas vidas, por isso, ao ser despertada, pode nos trazer grandes problemas.


A raiva é uma expressão de frustração, porque o que queremos não corresponde ao que a realidade nos fornece, e ela pode continuar prejudicando as nossas vidas até amadurecermos e entendermos que precisamos controlar as nossas reações, pois são elas que ditam nossa qualidade de vida.


3. Culpa, uma má companhia

Os sentimentos de culpa ou remorso definitivamente não trazem nada de bom para as nossas vidas. Todos nós erramos, em algum momento, e acabamos prejudicando alguma pessoa através de nossas atitudes, mas não precisamos nos prender a esse sentimento.

Ao entendermos o que nos levou a agir de determinada maneira, conseguimos compreender qual é a raiz do problema e a partir disso podemos trabalhar para melhorar e não repetir os erros. Todos estamos evoluindo, então precisamos ser mais pacientes com nós mesmos.


4. Insatisfação, um estado contraproducente

Insatisfação é outro nome para sofrimento. Nós nos sentimos insatisfeitos porque não aceitamos a realidade, queremos ter, ser ou alcançar algo que não podemos, somos ou não conseguimos, e nos privamos de realizar aquilo que está dentro de nossas possibilidades.

Aprender que nada é permanente e que as coisas sempre acontecem da maneira certa nos fortalece nos momentos de insatisfação e nos mostra que devemos aceitar as mudanças, de braços abertos, porque elas funcionarão a nosso favor, ainda que não pareça à primeira vista.

Essas são as emoções que você precisa manter distantes de sua vida. Como está o seu relacionamento com cada uma delas?

Comente abaixo e compartilhe este artigo!

 

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.