Comportamento

Estelionatário é investigado por seduzir 15 namoradas e aplicar golpe de mais de R$ 100 mil!

Danilo conheceu as mulheres pela internet e se identificou como diretor de uma corretora de valores, usando isso como pretexto para enganá-las.



Identificando-se como diretor de uma corretora de valores, Danilo de Souza Melo enganou cerca de 15 mulheres que conheceu na internet, de vários estados do país. As vítimas, até o momento, estimam que o prejuízo seja de pelo menos R$ 100 mil, já que eram convencidas a aplicar dinheiro em um fundo de investimento que não existia.

De acordo com o site UOL, o homem que dizia ser diretor da XP Investimentos, foi preso em maio, depois que uma mulher de 36 anos ligou para a Guarda Municipal denunciando que tinha sido vítima de um golpe. O caso aconteceu em Balneário Camboriú (Santa Catarina), e a vítima disse ter perdido cerca de R$ 16 mil.

Danilo foi levado à 32ª Delegacia de Polícia Civil, onde os agentes perceberam que ele responde pelo crime de estelionato em vários outros estados. Em nota, a Guarda Municipal disse que ele é um famoso estelionatário, que já havia enganado mais de 15 mulheres tanto do Brasil quanto de Portugal. Mesmo assim, ele responde à investigação em liberdade.


A vítima, que preferiu não se identificar, contou que conheceu o suspeito enquanto faziam aulas de beach tênis. Antes de descobrir sobre a teia de mentiras, a mulher chegou a fazer um PIX da quantia que ele deveria investir em um fundo para ela, o que nunca aconteceu.

A empreendedora acabou encontrando, por acaso, um perfil criado por outras vítimas para denunciá-lo, enquanto procurava nas redes sociais pela irmã que ele sempre mencionava.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@golpista_danilosmelo.

Segundo as outras vítimas, Danilo age sempre da mesma forma: primeiro cria um perfil em aplicativo de relacionamento, começa uma conversa casual, onde menciona que acabou de chegar de Portugal e explica que trabalha para a XP Investimentos, uma das maiores corretoras independentes da América Latina.


Assim que começam o relacionamento, ele sugere que a mulher invista parte de seu patrimônio em fundos na suposta empresa em que trabalha. No perfil criado, uma das postagens mostra uma conversa em que ele explica que o dinheiro havia rendido R$ 598, mas a informação foi verificada e é falsa.

Além disso, Danilo sempre andava arrumado, com roupas de marca e dirigindo carros importados, enquanto suas vítimas eram mulheres bem-sucedidas, que não tinham outro relacionamento e que moravam sozinhas ou com poucos familiares.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@golpista_danilosmelo.

A empresária catarinense ainda revelou que Danilo, nas conversas que mantiveram, inventava que havia conhecido o mundo, viajado por vários países e que a maioria das pessoas acabavam acreditando. Mas as mentiras não param por aí, ele ainda mostra supostos e-mails que recebe da XP Investimentos, e ainda cria uma vida, em uma realidade inexistente, na cidade onde escolhe morar.


A XP Investimentos se manifestou, dizendo que Danilo de Souza Melo nunca fez parte do quadro de funcionários da empresa, portanto, essa é mais uma informação falsa do suspeito para as suas mais de 15 vítimas.

Filho de dependente química, que morou em lares de adoção, é aprovado em universidades dos EUA!

Artigo Anterior

Fama, riqueza, cargo não estragam a pessoa, apenas derrubam máscaras

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.