Estou lhe esperando… venha quando tiver que vir



Não tenho a mínima ideia de onde você possa estar agora. Pode estar tão longe quanto perto.

Pode ser que a gente se encontre logo ou que vá demorar (mais ainda). Espero que esteja bem.

Espero que seja alguém completo quando aparecer por aqui.

Espero que não se importe quando eu ficar cantando e dançando pela casa, e quando eu escutar a mesma música durante o dia inteiro.

Espero que eu lhe permita conhecer meu universo paralelo, e sinta-se importante se isso de fato acontecer. Se eu lhe contar meus planos, mais ainda.

Espero que viaje comigo para a Califórnia e para Marte sem tirar os pés do chão e sem nem ter um passaporte. Espero que me faça querer abrir mão da minha companhia exclusiva para desfrutar da sua.

Espero que tenha objetivos tão incomuns quanto os meus, e que não seja um conformado. Espero que corra atrás dos seus sonhos assim como eu corro atrás dos meus.

Espero que se faça presente e que saiba respeitar meu espaço ao mesmo tempo. Já tenho legendas escritas no bloco de notas do celular para colocar nas nossas fotos.



Espero que nossos sorrisos encontrem uma forma de ficarem ainda maiores. E que nossas risadas sejam ainda mais escandalosas quando misturadas.

Estou lhe esperando, às vezes, pacientemente; às vezes, nem tanto. Às vezes o amaldiçoo por ainda não ter aparecido; às vezes, agradeço por isso.

Venha quando tiver que vir. Posso não estar sentada lhe esperando quando isso acontecer, e, se a porta estiver trancada, saiba que muito provavelmente a janela não estará fechada.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / moredix






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.