Comportamento

“Estou perto de uma nova vida.” Johnny Depp comemora viver feliz, apesar do processo de Amber Heard

capa site Estou perto de uma nova vida Johnny Depp comemora viver feliz apesar do processo de Amber Heard

O ator recebeu a medalha de honra ao mérito em homenagem ao Dia do Estado Sérvio pelo controverso presidente Aleksandar Vucic.

Em Belgrado, na Sérvia, uma cerimônia em comemoração ao Dia do Estado Sérvio aconteceu em 14 de fevereiro. Dentre os homenageados, o ator Johnny Depp, de 58 anos, recebeu a medalha de honra ao mérito pelas mãos do presidente Aleksandar Vucic, considerado controverso por entidades e outras autoridades políticas.

Durante o evento, Depp recebeu a medalha por seus “méritos destacados em atividades públicas e culturais, especialmente no campo da arte cinematográfica e na promoção da República da Sérvia no mundo”, conforme disse o presidente. Na ocasião, o ator agradeceu a gentileza de Vucic ter lhe concedido a honraria, e seguiu em um pequeno discurso que acabou chamando a atenção da mídia internacional.

Em meio a um sério processo de agressão contra a ex-companheira, a atriz Amber Heard, o ator afirmou que está “à beira de uma nova vida agora”, mesmo que estivesse passando por “tempos tumultuados”. Ele disse que gosta de recomeços e que essa premiação poderia ser o início de coisas boas por vir.

Acusado de violência doméstica pela então esposa Amber Heard, o ator se envolveu em sucessivas polêmicas, perdendo direito a dar segmento a franquias com as que já tinha contratos fechados, além de perder um processo em julho de 2020 contra o tabloide britânico The Sun, que alegou que ele era um “espancador de esposa”. Conforme o veredicto do Supremo Tribunal de Londres, “o jornal estava no livre direito de se manifestar”.

2 Estou perto de uma nova vida Johnny Depp comemora viver feliz apesar do processo de Amber Heard

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @amberheard

Amber pediu divórcio em 2016, e processou o ator acusando-o de violência física e verbal, apresentando vídeos, fotos e outras supostas provas das agressões. Desde então, grande parte dos contratos de Depp, como em “Animais fantásticos”, foram cancelados, e o ator pouco conseguia fazer para defender sua inocência — que diz em todas as oportunidades que possui.

Depp já afirmou em sucessivas apresentações e eventos que se tornou vítima da cultura do cancelamento, e segundo reportagem do Daily Mail, ele disse em San Sebastián, na Espanha, que a situação em sua vida estava “fora de controle”. Além de se ver como vítima, ele disse estar preocupado com as implicações que casos como o seu trariam para a sociedade.

Para o ator, a cultura do cancelamento é perigosa, podendo comprometer a vida e a carreira de qualquer pessoa, e ninguém está isento disso. Em seu discurso, ele ainda afirmou que isso não ocorreu apenas com ele, mas com outras mulheres e homens famosos, personalidades que perderam a carreira e foram amplamente julgados, mas que as vítimas precisam do apoio de amigos e familiares que acreditam em suas palavras.

Mas não foi apenas o ator que se envolveu em polêmicas, o presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, eleito em 2017, foi acusado de corrupção, de adotar medidas repressivas contra a imprensa e de flertar com o regime autoritário. Muitos críticos do governo e do cinema enxergaram a homenagem a Johnny Depp polêmica, principalmente porque envolve figuras controversas em um momento em que estão sendo amplamente julgadas.

O ator já chegou a dizer que Hollywood boicota sua carreira e que não compreende os motivos do estúdio MGM, por exemplo, não lançar seu novo filme “Minamata” nos Estados Unidos. Para ele, a atitude da ex-esposa na mídia tem sido capaz de ofuscar sua carreira e que tem passado por sucessivas situações que considera “desagradáveis”.

3 Estou perto de uma nova vida Johnny Depp comemora viver feliz apesar do processo de Amber Heard

Direitos autorais: reprodução Instagram/ @johnnydepp

Mesmo assim, Depp encara receber a medalha de honra ao mérito como o início de que as coisas podem mudar, um “recomeço”. Depois de sucessivas perdas na justiça, um tribunal estadunidense aceitou seu pedido para dar continuidade a um processo por difamação contra Heard. A atriz publicou um artigo num jornal sobre as agressões que sofreu, e mesmo não mencionando o nome do ex-marido, ele afirma ter sido prejudicado.

Imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Depositphotos

0 %