Pessoas inspiradoras

Estudante que foi impedida de se matricular na USP ganha bolsa de estudos nos EUA!

capaestudante que foi impedida de se matricular na USP ganha bolsa de estudos nos EUA

Sem poder se matricular na universidade brasileira, a jovem ganhou uma oportunidade incrível fora do país. Confira!



A aprovação na faculdade é a principal meta de muitos adolescentes que terminam o ensino médio e desejam começar o ensino superior o quanto antes.

Elisa Flemer é uma jovem de 17 anos que se dedicou muito para conquistar uma vaga no curso de Engenharia Civil, e conseguiu, mas enfrentou uma grande surpresa ao fazer a sua matrícula.

Segundo informações do G1, a jovem, que mora em Sorocaba (SP), foi aprovada em quinto lugar para o curso desejado na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), mas não teve permissão para se matricular na instituição de ensino porque fez homeschooling (estudo em casa), e não tem documentos que comprovam a conclusão do ensino médio.


Elisa não frequenta a escola desde 2018 e segue uma rotina de estudos em casa. Ela estuda seis horas por dia através de um método próprio, o qual lhe permitiu aprovação em faculdades particulares e quase 1.000 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

No entanto, suas habilidades não foram suficientes para realizar o sonho de entrar na faculdade. A jovem entrou com um pedido de liminar para conseguir se matricular na USP, para não perder a vaga.

Caso não seja aprovado o seu pedido, ela ainda solicita a oportunidade de fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) antes de completar 18 anos.

O caso da jovem teve grande repercussão nas redes sociais, com muitas pessoas se mostrando indignadas pelo fato de ela, apesar do ótimo resultado, não ter a oportunidade de entrar na faculdade de imediato. Também tem sido bastante questionado o porquê de o ensino em casa ainda não ser permitido no Brasil.


Elisa contou que foi procurada por diversos empresários dizendo que estavam “de portas abertas” para recebê-la, bem como por estudantes interessados em aprender mais sobre o homeschooling.

No entanto, talvez a melhor oportunidade de todas aconteceu há poucos dias, quando a adolescente ganhou uma grande oportunidade para estudar no Vale do Silício, nos Estados Unidos.

Junior Borneli, CEO da escola internacional de negócios StartSe University, fez uma publicação em seu perfil no Instagram contando que Elisa ganhou uma imersão completa na sede da empresa, com tudo pago, e que também cursará o programa internacional de gestão oferecido pela StartSe.

2estudante que foi impedida de se matricular na USP ganha bolsa de estudos nos EUA

Direitos autorais: reprodução Instagram/@juniorborneli.


Ele ainda a parabenizou, dizendo que sua atitude (de estudar por conta própria) “deveria ser aplaudida e não punida”.

Em seu perfil pessoal, a jovem disse que se trata de uma bolsa de estudos de uma semana, e que ela receberá um certificado internacional pelo outro curso que fará na empresa.

Elisa ainda esclareceu que segue lutando para conseguir uma bolsa universitária nos Estados Unidos.

O que você acha da situação de Elisa?


Acredita que ela deveria ter podido se matricular na universidade brasileira?

Comente abaixo e compartilhe o texto em suas redes sociais!

Casal de SP devolve menino adotado depois de um ano e é condenado a pagar R$ 150 mil a ele

Artigo Anterior

Homem deixa dinheiro no bolso de um pai para ajudá-lo a comprar boneca para sua filha!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.