Estudo: crianças que têm animais experimentam menos estresse, ansiedade

2min. de leitura

Doença mental em crianças é uma preocupação séria, mas a maioria dos pais não sabe por onde começar a lidar com isso. Claro, diagnóstico precoce e cuidados preventivos ajudam muito, e é aí que um novo estudo interessante entra em jogo.



De acordo com um novo estudo, os animais podem estimular a conversa, ajudar a quebrar o gelo social e aliviar a ansiedade em crianças.

É muito claro neste ponto que a terapia assistida por animais pode reduzir a ansiedade, e ensinar as crianças apego. Essa melhora na saúde mental ajuda a reduzir o risco de transtornos de desenvolvimento.

Os benefícios não param por aí. Em um estudo conduzido por pesquisadores da Bassett Medical Center, em Nova Iorque, investigaram uma hipótese não comprovada anteriormente de que ter cães está associado com peso saudável entre as crianças.


Os pesquisadores analisaram 643 crianças, com idades entre 4 a 10 anos, ao longo de um período de 18 meses no contexto dos cuidados primários pediátricos. 58% tinham cães em casa. Nenhuma diferença foi encontrada em relação IMC, mas 12% das crianças com cães testaram positivo em um teste de triagem para a ansiedade, em comparação com 21% das crianças sem cães de estimação.

Então, talvez o cão que você está adiando para o seu filho seja uma boa ideia. Considere adotá-lo!

 


___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Simple Organic Life

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.