publicidade

Ethan frome: quando o desamor dói fisicamente…

Muitas pessoas que padecem de males físicos , quando procuram por ajuda médica e fazem exames, se deparam com resultados inquietantes: a causa da doença não é identificada ou a possível causa não é grande o suficiente para provocar tantos estragos.



Ethan Frome, um amor para sempre é um filme baseado na obra da polêmica e célebre autora americana Edith Warthon. Warthon criticou ferozmente a hipocrisia da sociedade americana do século XIX, jogando luz sobre a impossibilidade de viver o amor e ser você mesmo num mundo cheio de regras. Alguns de seus livros são A época da inocência , que lhe rendeu o prêmio Pulitzer em 1921 , Os bucaneiros, A casa da felicidade, que deu origem ao filme A essência da paixão.

Ethan Frome foi lançado em 1993, dirigido por John Madden e protagonizado por Liam Neeson e Patricia Arquette. Com linguagem simples e estrutura linear, o filme narra com muita sensibilidade, romantismo e melancolia a vida desafortunada dos três personagens protagonistas, condenados ao ostracismo e à impossibilidade amorosa. A grande quantidade de cenas na neve parece estabelecer uma relação entre as dificuldades da natureza com as dificuldades sociais , revelando assim toda a hostilidade da vida. A neve também cria uma atmosfera melancolicamente romântica.

O filme se centra num triângulo amoroso numa pobre fazenda americana do século XIX. Ethan, um rapaz idealista, que enterrou o sonho de estudar Engenharia para cuidar da pequena fazenda familiar, casa-se com uma prima distante por gratidão, pois esta passou muito tempo cuidando da sua mãe doente. Mas ele nunca a amou de verdade. Ethan vai conhecer o amor com a jovem e romântica Mattie , prima da sua esposa que caiu em desgraça financeira e passa a morar com o casal. Mattie faz todo o serviço da casa porque Zeena, mulher de Ethan, é muito doente.


O atual post pretende se centrar em Zeena, interpretada por Joan Allen. Zeena somatizou toda a frieza de Ethan em dores e doenças físicas, até reverter-se numa mulher extremamente enferma, capaz de despertar a piedade dos vizinhos.

Uma das possibilidades da neurose histérica é criar doenças físicas. Algumas pessoas sentem dores sem lesionar o organismo. A este tipo de efeito, damos o nome de histeria de conversão. No caso de Zenna, ela realmente lesionou o organismo, transformando seus problemas e dores psicológicas em problemas e dores físicas. Como Zeena não conseguia despertar o amor do marido, usou as suas enfermidades para chamar a atenção. Porém, vale ressaltar que este processo não é consciente.

O neurótico não consegue expressar o que sente e desconhece o próprio desejo. Aquilo que ele desconhece e não expressa, vira sintoma. No caso de Zeena, vira doenças. Existem outras possibilidades, como a sexualidade infantilizada e a depressão, entre outras manifestações.


Em Ethan Frome, Zeena traduz o desamor do marido em doenças físicas. A frustração com a qual ela não consegue lidar atinge seu corpo.

Por tal motivo, muitas pessoas que padecem de males físicos , quando procuram por ajuda médica e fazem exames, se deparam com resultados inquietantes: a causa da doença não é identificada ou a possível causa não é grande o suficiente para provocar tantos estragos.

É sempre recomendável buscar pelas causas orgânicas em primeiro lugar. Porém, diante da escassez de causas orgânicas , deve-se cogitar rapidamente a possibilidade de um transtorno emocional e buscar por ajuda profissional.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.