Eu crio a realidade que eu quero

“Eu crio a realidade que eu quero!” Quando você se propõe a acreditar naquilo que pensa, sente o desejo de manifestar na sua realidade o que você decidiu que é importante para você num determinado momento, a fim de alcançar a sua realização pessoal. Eis aí o segredo!

Cada um de nós temos sonhos e obstáculos a perseguirmos e a enfrentarmos, respectivamente. Aqueles, os sonhos, nos motivam profundamente e fazem com que admiremos esta realidade antes mesmo dela acontecer. Já estes, os obstáculos, tentam minar essa fé, fazendo-nos sentir que é impossível, que estamos “querendo demais”, que estamos sendo infantis.

Mas, este é o foco – ter a fé de uma criança e tirar uma lição disso: a pureza deste coração em aceitar o desconhecido e ter fé nos sonhos mais singelos não é mera utopia, é a possibilidade da manifestação pura e simples em todo o seu potencial.

A dúvida é um veneno para sua realidade. Se você a alimenta, ela está certa. Porque você dá espaço a ela, alimentando-a.

Agora, se você quer mesmo algo, não desista, siga em frente! Ignore comentários de quem não entende suas motivações e desejos. Se é algo que não faz mal a ninguém, não fere a dignidade nem sua e nem de outrem, não admita que ninguém o interrompa.

Não fale sobre o que quer fazer antes de fazê-lo! Tenha o hábito de fazer/ testar primeiro e depois falar, ou melhor, deixar que vejam o que você atingiu. Não tenha medo, você vai se surpreender, garanto que de forma agradável e incrível. Desbloqueie sua mente e permita-se sentir.

Sinta o seu “eu” amando-se, trazendo-lhe as melhores oportunidades, agradeça imensamente a sua capacidade de sentir!

Seja pleno ao se olhar no espelho e ver o ser humano mais especial desse mundo: você!


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / natureguy



Deixe seu comentário