ColunistasComportamento

Eu e essa minha mania linda de me preocupar com os outros…

Eu e essa minha mania

Tenha a certeza de que se preocupar com o outro é um gesto de bondade. Quem faz o bem tem a capacidade de se expandir porque, mesmo que não possamos estar em vários lugares ao mesmo tempo, terá um pouco de nós em cada canto que estiver alguém em quem tocamos.



Dentre todas as riquezas, a mais bela é ter um bom coração, pois só ele é que nos permite transmitir o perfume da nossa essência a cada um daqueles que tocamos de alguma forma, seja com doces palavras, com um braço estendido, com um sorriso oportuno, com doses de humanidade e gotas de amor que demonstram a profundidade do nosso caráter e a plenitude da nossa alma.

Tenha a certeza de que se preocupar com o outro é um gesto de bondade. Quem faz o bem tem a capacidade de se expandir porque, mesmo que não possamos estar em vários lugares ao mesmo tempo, terá um pouco de nós em cada canto que estiver alguém em quem tocamos, porque a bondade que fazemos é o nosso toque no coração de cada um que ajudamos de alguma forma.

Gosto de coisas simples, sorrisos bobos, olhares inocentes e pessoas de coração leve com a ingenuidade de ainda acreditar na bondade como forma de transformação do mundo.


Por isso, sempre caminhamos eu e essa minha mania linda de me preocupar com os outros porque essa é uma forma de me transformar por dentro, de melhorar a minha essência.

O que me dá liberdade é a certeza de que sou livre de tudo que me faz mal e sou cheia de tudo aquilo que reflete o bem.  Só tem liberdade quem tem a mente livre de pensamentos negativos e o coração livre de sentimentos ruins, de mágoas e de todo entulho ruim que não devemos guardar, mas enterrar no baú do esquecimento, porque tudo o que é mal e carregamos dentro de nós começa a fazer parte de nós e se misturar à nossa essência.

Por isso, cultivo dentro de mim apenas o que é bom, assim estou com o coração sempre aberto para coisas que me fazem bem e me fazem ser cada dia melhor, com a certeza de que Deus aprova as minhas escolhas…

Nunca me arrependerei do bem que fiz aos outros e nem me lembrarei da ingratidão que encontrei pelo caminho porque a minha luz se projeta para frente e o meu coração é fechado para coisas negativas que podem ser capazes de destruir a minha capacidade de ser bondade e de ser luz.


Não há adjetivos que possam descrever a pureza de pessoas de corações bons porque, em certos casos ou situações, as palavras mais belas ainda se tornam meras sombras daquilo que queremos retratar.

Além disso, caráter e sentimentos não podem ser expressos por palavras, pois são pequenas gotas da bondade de Deus que fizeram morada em nós.

Não me importo com o que os outros digam, nunca cansarei de ajudar quem posso e de dar a mão a quem precisa, mesmo que não tenha retorno, afinal de contas a essência da bondade está em fazer o que se pode por quem quer que seja, sem esperar retorno, reconhecimento ou engrandecimento.

Tenha a certeza de que ninguém precisa ver tudo de bom que você faz porque Deus tudo vê e se encarrega de transformar nossas ações boas em sorrisos e surpresas que insiste em plantar em nossas vidas como forma de dizer: “Eu estou vendo” e, na verdade, esses são os únicos olhos que precisam nos enxergar por dentro e ver que a nossa luz brilha porque se ancora na fonte de tudo o que faz bem: a da fé…


Os anjos que encontramos na terra não têm asas, mas têm o coração bom e a bondade é fruto da fé que depositam em Deus e que floresce para o mundo em forma de gentilezas, sorrisos, bondade, caráter, amor, humildade, enfim, em forma de bonitezas vindas da pureza da alma e dos alicerces da fé…


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: majesticca / 123RF Imagens


Após o medo, há um universo de realizações…

Artigo Anterior

Aproveite a companhia de quem está ao seu lado agora. Saudade vazia não traz ninguém de volta.

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.