O SegredoReflexãoRelacionamentos

Eu nasci inteira, não preciso de outra metade

eu nasci inteira

Eu não sou uma fruta, sou uma pessoa, tenho tudo o que preciso para me sentir inteira e viver uma vida plena. Minha felicidade depende de mim, e não de outra pessoa.



Eu não acredito em contos de fadas, nem em príncipe encantado, ou princesas, eu acredito em mim e na minha capacidade de me fazer feliz.

“Não me interessa que você me queira ” muito “, mas que me queira bem e melhor a cada dia. O amor não é uma questão de quantidade.” – Walter Riso

A falsa crença da metade da laranja ou alma gêmea


Idealizar uma pessoa com pensamentos como “Nós fomos feitos um para o outro”, causa um grande dano aos casais com o passar do tempo, porque logo que aparecem as dificuldades, o pensamento deixa de ser “real” e gera insatisfação e frustração.

Casais não são perfeitos, os problemas surgem inevitavelmente ao longo do tempo. Às vezes, decorrem de diferenças de idade, educação, cultura e até mesmo a religião, mas temos de aceitar a outra pessoa como ela é, de modo que as diferenças não sejam para causar desentendimentos, mas para enriquecer-se.

O grande erro está por trás do mito da meia laranja, e de considerar que somos seres incompletos, e só podemos alcançar a plenitude ao encontrarmos o amor verdadeiro, que é o que nos permite sermos felizes. Mas pensar que toda a nossa felicidade depende de um relacionamento é um grande erro, e nos priva da verdadeira felicidade.

As pessoas que estão felizes, não dependem de ter um parceiro ou não. Todas as pessoas são completas, não nos falta um pedaço, nem uma metade para atingirmos o que precisamos.


De fato, o sucesso de um relacionamento depende de as duas pessoas estarem completas, independentes e felizes. É certamente muito melhor o amor entre duas laranjas, duas maçãs, dois morangos do que duas metades. É partilhar a vida, o bem e o mal, e desfrutar da outra pessoa como é.


Você não é a metade de uma laranja, ame-se

Amar a si mesmo é uma questão pendente para muitas pessoas. Mas é essencial. Aqui estão alguns truques para amar-se mais:


Valorize suas qualidades

Em muitas ocasiões, nos torturamos vendo o que fazemos de errado e sentimo-nos culpados por isso, mas você precisa deixar de fora o mau e apreciar as muitas qualidades que tem. Pense sobre o que você faz bem, e lembre-se como você é maravilhoso.

“Se você vive para agradar, todos te amaram, menos você mesmo.” -Paulo Coelho

Não busque a aprovação dos outros


Ao longo de nossas vidas, muitas pessoas tentam influenciar o que fazemos e as decisões que tomamos. Mas você precisa parar de tentar agradar a todos, porque é impossível.

Às vezes, colocamos um limite para os outros não influenciarem nossos sentimentos. Sentir-se bem não requer a aprovação dos outros, sejam eles amigos, família ou parceiro.

A única aprovação você deve buscar é a sua.

Não se compare


Somos seres únicos, diferentes um do outro, comparação gerará infelicidade. Você é único, possui fraquezas, defeitos, qualidades e pontos fortes que ninguém possui. Sua cultura, sua educação, suas experiências formam uma combinação única que te faz completamente diferente dos outros.

Aprenda a dizer o que pensa

Isolamos nossas opiniões por medo do “que as pessoas dizem” ou das reações dos outros, mas sua opinião é valiosa e deve ser expressa.

Você só precisa ser respeitoso e falar com assertividade, para que outras pessoas te escutem sem ofender. Às vezes, suas ideias serão diferentes, mas isso não significa que não devem ser expressas.


 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: La Mente es Maravillosa


Me encantam as pessoas que falam o que pensam

Artigo Anterior

Há uma história por trás de cada pessoa

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.