publicidade

Eu prefiro ser essa metamorfose! a psicanálise explica:

“Não haverá borboletas se a vida não passar por longas e silenciosas metamorfoses”, disse Rubem Alves. Assim como as borboletas passam por metamorfoses, o ser humano vivencia constantemente as transformações que acontecem exteriormente e interiormente a ele.



É preciso que a vida se transforme, e para isso é necessário que o sujeito se reinvente, recrie e recomece durante as várias fases da sua existência.

Mesmo diante daquelas transformações dolorosas podemos amadurecer, talvez sejam através dela que atingimos um grau elevado de amadurecimento. Isso é preciso, assim como cair e levantar-se.

Nas vitórias aprendemos, nas dificuldades também, afinal de contas, antes da glória pode vir a dor. Essa dor que deve nos impulsionar a ir adiante.

Lembro-me da bela letra da música trem-bala de Ana Vilela quando ela diz que “a gente não pode ter tudo, qual seria a graça do mundo se fosse assim?”

Isso, nem só de glória vive o homem, mas também de atropelos e quedas que fazem parte da vida de todo ser humano.


Ah, que bela metamorfose é o ser humano. Cair e levantar. Dor e glória. Podemos chamar tudo isso de transformações, metamorfose necessária em nossa vida.

Ela acontece de dentro para fora. Permita-se compreender o interior e compreenderás o exterior. A psicanálise provoca isso! Fazer análise é isto: é conhecer o que está guardado lá no fundo do nosso interior; é desvelar o que está velado e ao final (se é que existe final), transformar-se em borboleta.

Reporto-me ao querido Freud para concluir essa transform(ação): “Tanto dentro de si quanto no mundo externo, deve sempre esperar descobrir algo de novo (1912).”


Tem sempre algo a transformar, a recriar, a renovar, afinal de contas, sempre algo está por vir nessa metamorfose que é a nossa vida. Tente! Insista! Persista e permita-se vir a ser…

__________

Direitos autorais da imagem de capa: samanitvijit / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.