ColunistasComportamento

Eu quero acordar um dia em frente ao mar e em outro olhando as dunas do deserto….

EM QUERO ACORDAR UM DIA EM FRENTE AO MAR capa e dentro

Eu não sei você, mas eu não quero continuar aqui para sempre, no mesmo lugar, sabe? Eu quero acordar um dia em frente ao mar e em outro, olhando as dunas no deserto. Quero passar um dia em um lugar e em outro, já estar a quilômetros de distância, experimentando tudo o que a vida tem para oferecer.



Conquistar o mundo, entende? Seguir e não ter um lugar exato como destino, ouvir outras línguas e aprender cada uma, enxergar e conhecer culturas tão diferentes da minha, comer comidas que, de início, traga estranhamento, mas que quando colocadas na boca, ter a sensação de estar comendo algo feito pelas mãos do próprio Deus. Olhar para o rosto de cada um que passar por perto e guardar olhares, sorrisos e expressões, com a intenção de ter uma coleção grande de humanidade dentro de mim.

Sempre foi este o meu sonho, desde criança. Sempre questionando todos os desenhos e criando realidades na minha cabeça. Assistindo filmes e memorizando lugares que eu pensava em silêncio “um dia vou conhecer e chegar até lá”.

Sempre olhando as estrelas e os planetas nas aulas de ciências e imaginando poder um dia acompanhar tudo de perto. Olhando as montanhas, oceanos e morros nas aulas de geografia e imaginando atravessa cada distância entre os meus sonhos e eu. Atento a cada detalhe. A cada pessoa. A cada oportunidade.


Mas a vida é curta, imprevisível e tão traiçoeira a ponto de tirar tudo isso da gente em questão de segundos, porém mesmo se chegar o dia em que eu estarei deitado sobre uma cama, vivendo com a ajuda de aparelhos e não tiver tido tempo o suficiente para realizar tudo o que eu planejei, não importa, pois sei que, todos esses anos fui movido por sonhos e que sem eles não valeria a pena.

Talvez não foram concretos fora de mim, mas dentro, tão reais quanto a certeza da morte. “Mas sonhar é loucura”, diziam eles e eu, felizmente, tinha a certeza de que nasci para viver em um manicômio.

Devemos entender nossas próprias responsabilidades!

Artigo Anterior

O poder da positividade – a positividade pode mudar a sua vida!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.