5min. de leitura

Eu sou uma daquelas pessoas “doidas” que caminham às 6h da manhã

“Prefiro dormir o máximo que puder e só acordar quando o relógio despertar para as minhas obrigações diárias.”



Eu pensava assim antes de descobrir que acordar para cuidar da saúde, como se exercitar e tomar um bom café da manhã, antes das obrigações do dia a dia, é muito melhor. A manhã fica sem correria e o dia simplesmente flui da melhor forma possível.

Não é fácil começar e menos fácil ainda criar o hábito de sair para caminhar/correr (ou fazer outro exercício) pelo menos três vezes na semana. Mas chega uma hora na vida que a gente percebe que precisa cuidar da saúde e cansa de dar a desculpa de que não tem tempo para fazer uma atividade física, visto que tudo na vida é questão de prioridade. E priorizar a saúde é fundamental para se alcançar bem-estar e felicidade.

Faço parte de um grupo de pessoas que se exercitam e fazem outras tarefas no início do dia voltadas ao bem-estar.

Algumas acordam às 6h, outras às 5h e outras até as 4h! Então, às 6h, nem é tão complicado assim para quem entra às 9h no trabalho. Confesso que minha versão anterior preferia ficar dormindo nesse horário, acordava às 7h reclamando (isso quando acordava) e ainda considerava “doidas” essas pessoas que se exercitam de manhã. Afinal, dormir é tão bom!


Hoje continuo achando que dormir é muito bom, mas cuidar da saúde também é. O restante do dia fica muito melhor quando conseguimos iniciar a manhã com uma atividade física, mesmo que dure de 20 a 30 minutos. A gente se sente mais feliz devido à liberação da serotonina (hormônio da felicidade).

Comecei a ter mais prioridade para cuidar da saúde quando percebi o tempo que gastamos para conseguir nos curar de doenças graves, sendo que muitas delas podem ser prevenidas, levando-se uma vida mais saudável.

Não existem milagres para a saúde e boa forma, o segredo é o equilíbrio. Quanto à alimentação, é o tão difundido “desembrulhar menos e descascar mais”, ou seja, dar preferência aos alimentos naturais, ao invés dos industrializados. Não é comer demais, mas também não é comer de menos. Temos uma taxa de metabolismo basal para manter o organismo funcionando. Se ingerimos abaixo da nossa necessidade calórica, podemos até perder peso rápido, mas depois o corpo fará de tudo para recuperar os quilos perdidos. Por isso, é tão importante perder peso devagar. O organismo precisa se acostumar aos poucos, adaptando-se aos novos hábitos, que nem sempre é tirar alimentos, mas acrescentar, como exemplo, adicionar duas frutas, duas verduras e oito copos d’água no seu dia a dia.


Sei que muitos procuram pelo mais fácil, pois é trabalhoso, no início, modificar hábitos, e acabam caindo nas milhares de notícias falsas, ou incompletas, que circulam pela internet.

O que mais há na internet são propagandas camufladas de “artigos” informando que tal alimento ou fitoterápicos são milagrosos e capazes de curar doenças. Cientificamente, sabemos que alguns alimentos que possuem substâncias fitoquímicas podem auxiliar no tratamento e prevenção de doenças. Mas não há nada milagroso! O processo de cura e saúde é um conjunto de fatores incluindo genéticos e ambientais.

Com relação aos que dependem da gente, que fazem parte da maioria dos casos, devemos combinar atividade física (movimento) com uma alimentação mais saudável e um estilo de vida equilibrado emocionalmente, com menos estresse e mais satisfação, como praticar um hobby e confraternizar com a família ou amigos constantemente.

Não precisa ser uma pessoa “doida” que sai para caminhar de manhã, antes do trabalho, pode ser à noite ou no horário que for melhor para você. O importante é ter coragem para criar hábitos mais saudáveis e fazer o que está ao seu alcance. Isso já é o suficiente para ter ou manter uma ótima saúde, além de trazer felicidade.

Mas se quiser sair para caminhar bem cedinho, bem-vindo ao grupo dos “doidos” e felizes!

 

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF Imagens.

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

* Matéria atualizada em 02/11/2019 às 18:00





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.