RelacionamentosAmorPerdoar

Eu te perdoo por não ter me amado como eu te amei

eu te perdoo por não ter

Desde o início, você estava aterrorizado na possibilidade de me machucar. Na verdade, foi uma das primeiras coisas que você me disse. Um coração mais inteligente teria ouvido isso como uma advertência e fugido. Um coração mais inteligente teria sabido que significava, eventualmente, que você faria exatamente o que mais temia.



Você iria me machucar.

Mas você sabe, meu coração nunca foi tão inteligente. Ela é um monte de coisas: imprudente, esperançoso, selvagem. Ele é muito impulsivo. Está muito preso em querer dar-lhe tudo. Mas não é culpa dele. Ele é o meu coração. Tudo o que podia fazer é bater um pouco mais rápido cada vez que você me tocou.

eu te perdoo por não ter2


Eu sei que você tentou. E eu não tenho dúvida de que me amava. De sua maneira. Nos “quase”. Nos momentos de silêncio antes do nascer do sol. Foi sempre algo. Mas nunca o suficiente. Nunca algo que eu poderia levar para casa.

Você me amou 50%, talvez 60% em um dia muito bom. E eu, 150%. Talvez eu amei mais, por nós dois. De alguma forma, teríamos dado certo. Eu não precisava de reciprocidade. Eu só precisava de você comigo.

Isso é uma forma de dependência? Eu estava disposta a engolir meu orgulho próprio se isso significasse que você iria passar a noite na minha cama. Como eu poderia explicar? O pensamento de desistir de você me enjoava, me fazia querer quebrar tudo à vista. Eu não poderia lidar com um mundo onde eu teria que existir sem você comigo.

Uma semana depois de termos colocado a nossa relação para descansar, você me mandou uma mensagem: “Eu realmente te amo.”


Na época eu não podia ouvir isso. Eu estava pronta para aceitar qualquer oportunidade que nos unisse. Eu queria tanto você. Eu queria tanto a gente. Estava cega para todo o resto. Eu merecia alguém que me queria totalmente. E você merecia estar com alguém que queria plenamente. Mas eu não conseguia entender isso.

Eu estava tão brava com você por essa mensagem. Parecia cruel. Eu passei muitas noites com um travesseiro molhado de lágrimas. Eu passei muitas manhãs com raiva quando acordei de um sonho e percebi que não estava ao meu lado. Eu não poderia envolver minha mente em torno da ideia de que você poderia me amar, mas ainda não ia ser suficiente.

Nós nunca seríamos o suficiente. Não poderia ser uma via de mão única. Não poderia depender de mim.

Eu acredito que você me amou. Seria uma mentira se eu dissesse que não imagino ocasionalmente o que teria acontecido se você tivesse mesmo afim de mim. Mas a verdade é que você não estava. E eu te perdoo.


Eu te perdoo por não me amar como eu te amei. Você fez o seu melhor. Meu querido, nós apenas não fomos feitos para ficarmos juntos.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog


Eu acho que é hora de começar a amar a vida novamente!

Artigo Anterior

O tempo não cura todas as feridas, mas te ensinar como sobreviver

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.