ColunistasComportamento

Eu tenho transtorno obsessivo compulsivo (toc)!

VOCÊ TEM TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO capa e dentro

VOCÊ TEM VERGONHA DE EXPOR SUA DOENÇA MENTAL?



Hoje eu vim falar de doenças mentais ou transtornos mentais, como queira chamar. Acho que muita gente prefere o termo transtorno por parecer menos agressivo, já que pensar em doenças mentais nos remete a pessoas excessivamente agressivas, fora de controle ou que são incapazes de se relacionar socialmente de forma ‘’normal’’. O que não é verdade. Se considerarmos aquelas pessoas que tiveram algum sintoma característico de algum transtorno junto as que passam boa parte da vida lutando com esse tipo de problema, temos mais da metade da população mundial. Então é muito provável que você ai, lendo esse texto, tenha ou já teve alguns dos transtornos citados a seguir.

As doenças mentais mais populares são: Transtornos de Ansiedade, Ataque de Pânico, Transtornos Fóbicos, Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT), Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC), Transtorno Bipolar, Transtorno depressivo, Transtorno Alimentar, Transtornos Psicóticos e Transtornos de personalidade.

voce-tem-transtorno-obsessivo-compulsivo-capa-e-dentro


Mas como você lida com isso? Se sente ou se sentiria bem em contar para as pessoas ao seu redor? Você tem certeza que sabe dizer quantas pessoas ao seu redor lidam com esses problemas diariamente? Você deixa seus amigos confortáveis para lhe contar sobre seus transtornos mentais?

Eu tenho transtorno obsessivo compulsivo, conhecido como TOC e ansiedade. Vejo as pessoas falando de TOC de uma maneira bem superficial e até meio caricata, como se fosse uma piadinha para se fazer com aqueles amigos muito organizados. Mas eu nunca conheci pessoalmente alguém que tenha realmente TOC (ou que assuma ter). Aliás, poucas pessoas sabem do que realmente se trata a doença e tive poucas oportunidades de explicar como ela funciona dentro da minha cabeça. A maioria das pessoas se choca quando eu tento explicar os ‘’gatilhos’’ mentais que desencadeiam as ‘’manias’’.

Mas o que eu quero com esse texto? Quero abrir mais espaço para as pessoas falarem e aceitarem seus transtornos. Só tratando de maneira natural e não como ‘’coisa de maluco’’ ou frescura é que se abre mais oportunidades pra poder ajudar pessoas.

Não tenha vergonha de falar sobre seus problemas e esteja aberto para ouvir o que seu amigo tem a dizer também. Não menospreze o problema do outro, isso só o fará se fechar sobre o assunto. E claro, procure ajuda profissional. Apoio das pessoas próximas é importante, mas isso não anula a importância de alguém preparado par lidar com a doença. Não espere até sua vida estar completamente bagunçada por conta de um transtorno mental pra procurar quem possa te ajudar, não menospreze você a sua doença.


É importante conhecer as doenças e conhecer os sintomas delas, até mesmo para identificar em você (Mas não fique se auto diagnosticando e nem romantizando doença, mas ainda assim procure ajuda, pode ser hipocondria).

Eu fiz um vídeo falando sobre transtorno obsessivo compulsivo e dei uma breve explicação sobre ele, acho válido acrescentar aqui, pois acredito que poucas pessoas entendem o que é TOC de fato, que resumidamente são atitudes obsessivas e compulsões que consomem muito tempo e interferem na rotina e nas atividades diárias do paciente.

TODAS AS ATITUDES OBSESSIVAS E COMPULSIVAS! E não só limpeza e organização, como a maior parte das pessoas pensam, aposto que a maioria aqui não sabia disso. Eu passei muitos anos sem saber que meus ‘’cacoetes’’ eram uma doença e que havia outras pessoas que também tinham. Por isso recomendo assistir.

Aline Silveira


Pequenas gentilezas geram grandes certezas!

Artigo Anterior

Tem gente que se orgulha de ter visto o mundo inteiro, mas nunca olhou na cara do vizinho…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.