Evoluir, crescer, é superar nossos limites próprios!

Dor do crescimento…

Lembro-me que quando criança, sentia fortes dores nas pernas e um médico disse que era a dor do crescimento. A estrutura óssea estava se desenvolvendo e isso causava dores. Nada preocupante, era o curso natural da vida.

Assim acontece com nossa vida em todos os aspectos… Se você quiser crescer profissionalmente, terá de se dedicar aos estudos com  afinco, lutar para encontrar um emprego, às vezes um que nem foi sonhado por você, mas que de algum modo pode servir de ponte para no futuro, chegar aos lugares desejados…

Talvez você tenha de sair sob um sol escaldante entregando currículos, receber vários nãos ouvir um sim, e acredite: neste momento estará  iniciando uma nova fase de desafios em sua vida…

Novas lutas, novas conquistas e um inevitável CRESCIMENTO.

Se você se conscientiza da necessidade constante e eterna de crescimento humano, você vai entender que sentirá  dores inimagináveis, mas vai seguir  mesmo assim, porque sabe que o preço a se pagar pelo comodismo vai ser bem maior que as dores da evolução. Terá de desapegar de conceitos pré concebidos sobre si mesmo para tornar-se alguém mais evoluído. Olhar pra dentro não para esquecer -se do mundo lá fora, mas para encontrar formas de viver melhor neste mundo e PARA este mundo…

Somos seres limitados com possibilidades ilimitadas de crescimento e é por isso que dói… Porque quando você acha que está pronto, você percebe que há muita corda para esticar, e lembra do que o  médico falou que acontece quando os ossos esticam? Dor…

Mas como ninguém quer sentir dor, muitos fogem dela e simplesmente atrofiam todas as suas chances de crescimento. Tentando se proteger do sofrimento, criam crenças limitantes e condenam seu processo evolutivo ao fracasso.  E repito: isso vale para todos os aspectos da nossa vida, pois não adianta, por exemplo, ser um profissional brilhante e bem-sucedido, se você não enxerga a alma de quem convive com você, se você evoluiu como profissional mas seu lado humano caiu no abismo da prepotência, do materialismo, do egocentrismo…

Evoluir, crescer, é superar limites próprios…

Muitas vezes é conseguir levantar da cama todos os dias quando seu corpo pede para hibernar, quando seu desânimo lhe dá motivos para desistir. Enfrentar situações pequenas, todos os dias, e gigantes, muitas vezes na vida, é ir além dos limites, é crescer…

Fazer certas coisas, mesmo não querendo, porque sabemos que são as coisas certas a fazer, é crescer…

Perdoar, mesmo que a ferida esteja aberta. Ajudar, mesmo que precisemos de ajuda…
Compreender, quando nosso ímpeto nos impele a julgar.

Nem sempre vai ser fácil. Muitas vezes vai doer. Abdicar de manias, de pensamentos e atitudes para adquirir nova forma de viver, é um grande desafio, pois fazê-lo é matarmos um pouco do que somos para deixarmos nascer o que seremos…

E partir dói. O parto dói, mas ambos trazem vida nova, e se quiser ser uma pessoa nova, evoluída e evoluindo, vai doer, mas vai valer a pena…

E na vida, a gente precisa fazer valer a pena!

Bom crescimento a todos nós!

Giselle Cunha

_______________

Direitos autorais da imagem de capa: racorn / 123RF Imagens



Deixe seu comentário