Pessoas inspiradoras

Ex-carroceiro se torna presidente de cooperativa com mais de 200 funcionários e é exemplo de superação!

Desde que assumiu a presidência da cooperativa de coleta seletiva, o salário dos 244 funcionários passou de R$ 500 para mais de R$ 2 mil.



Pode não ser fácil alcançar os sonhos, e é ainda mais difícil para quem nasceu em família humilde, vendo todas as portas batendo na sua cara.

A falta de oportunidades faz com que muitas pessoas se desviem dos seus objetivos, indo parar nas ruas por causa da ausência de empregos ou renda suficiente para suas necessidades básicas.

Nascido no Rio de Janeiro, Telines Basílio do Nascimento, de 55 anos, foi para São Paulo há mais de três décadas, mas a promessa de um futuro melhor não se concretizou na época, e o vício em drogas fez com que sua vida tomasse um rumo complicado, indo parar nas ruas por falta de dinheiro. Começou a fazer bicos como carroceiro para o dono do ferro-velho, e conseguia pagar o almoço e a janta, ficando naquela situação pelos 12 anos que se seguiram.


Enquanto lutava contra o vício, quase chegou ao fundo do poço, mas viu muitos amigos morrendo pelo caminho, por álcool ou outras drogas. Em reportagem ao UOL, Telines explica que cada pessoa em situação de rua tem uma história, um motivo para estar ali, e acaba usando a dependência para se esconder dos problemas.

Encontrar uma família, adotar sua enteada e ter o filho mais novo fizeram com que ele nunca mais sentisse vontade de encostar nas drogas. Há 20 anos, Telines nem sequer bebe socialmente, e acredita que tudo isso seja divino, pois lhe deu um novo significado de família.

Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Como o vício o afastou dos familiares, o carroceiro fez questão de retomar o contato com o filho do primeiro casamento e com o próprio pai. Depois de 12 anos trabalhando como carroceiro, Telines fez um curso de cooperativismo, oferecido pela prefeitura de São Paulo, em 2002, junto com outros 44 catadores. Todos recebiam cesta básica e dinheiro para a condução, e ele conseguiu ser um dos 22 que conseguiram terminar o curso.


Direitos autorais: reprodução/arquivo pessoal.

Essa experiência fez com que nascesse a Coopercaps, em 2003, e desde 2009 ele ocupa a presidência da entidade, pois é reeleito a cada dois anos. Ele conta que foi a venda de outros serviços e produtos que fez aumentar o lucro da cooperativa, assim sentiu a necessidade de ir atrás de conhecimento, especializando-se em sustentabilidade. Hoje, com pós-graduação, o conhecimento de Telines serviu para que a empresa rendesse mais frutos, aumentando o faturamento dos cooperados.

Brasileiro aprovado em faculdade no exterior arrecada mais de R$ 8 mil com rifa para realizar sonho

Artigo Anterior

Filho de carpinteiro e dona de casa vence a pobreza e se torna líder de empresa que vale US$ 48 bilhões

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.