Notícias

Ex de Andressa Urach vai à boate com polícia impedi-la de fazer show

“Quer mandar me prender por quê? Vim fazer show. Não entendi. Estamos separados, não abortei e nem uso drogas! E foi ele que me deixou grávida.”



O empresário Thiago Lopes, ex de Andressa Urach usou sua conta no Instagram, na madrugada desta sexta-feira, 1º, para mostrar aos seus seguidores que se sentiu no direito de chamar a polícia para impedir a modelo de se apresentar na boate Gruta Azul, casa de show para maiores de idade em Porto Alegre (RS).

Thiago publicou uma foto que Andressa Urach tirou dele ao chegar n boate junto com a polícia e afirmou: “Atenção, prostíbulo vagabun** Gruta Azul. Vai ser assim agora”, exclamou.

Ele também postou depois uma foto de Andressa, que está gravida do primeiro filho deles, em sua casa. “Em casa. E bem pianinha”, registrou ele.


Andressa, obviamente não gostou do que aconteceu e em suas redes sociais afirmou: “Gente, meu ex-marido está em frente ao meu trabalho com a polícia! Quer mandar me prender por quê? Vim fazer show. Não entendi. Estamos separados, não abortei e nem uso drogas! E foi ele que me deixou grávida”, explicou.

Direitos autorais: reprodução Instagram.

“Estou há mais de 7 anos sem usar drogas. E não sei por que ele está aqui na frente, porque a gente não está mais junto. Não estou entendendo aonde ele quer chegar com isso. Está aqui na frente com a polícia. Tem noção disso?! Quero trabalhar. Primeiro que quem me deixou grávida foi ele. Então, assim, não estou entendendo. Agora vou voltar a comer minha jantinha, porque depois tenho que trabalhar, me apresentar”, acrescentou.

Ontem, Andressa Urach desabafou no “A Tarde É Sua“, na RedeTV!, e disse que o ex quer interná-la em uma clínica psiquiátrica contra sua vontade. Segundo a modelo, ele quer interditá-la por estar grávida e ter dito que voltará a prostituição por não ter como se sustentar.


“Saibam que, se eu for internada, isso é uma injustiça, porque estou grávida. É triste, não queria que fosse assim, ele é pai do meu filho e tenho um carinho e respeito muito grande por ele. Infelizmente, está acabando desta maneira”, disse Andressa.

Urach também voltou a negar os boatos de que iria abortar. “Ele é um oficial de justiça e está fazendo uma ação pedindo para que eu seja internada em uma clínica psiquiátrica, porque está me acusando de ter abortado o nenenzinho. É mentira, não abortei e estou grávida.”

Famílias descobrem que filhas foram trocadas na maternidade e resolvem criá-las como irmãs!

Artigo Anterior

Mulher entra na justiça para conseguir ler as mensagens no perfil do marido no WhatsApp

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.