Existe gente que sabe ser interessante sem precisar forçar nada. Quem se acha muito, muito se perde.

Como diz a música do Dalton – Ninguém vai dormir nossos sonhos.



Então vamos acalentá-los no fundo da alma e colocá-los para amanhecer conosco.

Acho que tudo que a gente quer é ir em frente. Dilatando nossos sorrisos, buscando a nossa esperança como quem dança pela última vez ou assiste aquele filme que enche o olhar de emoção e o coração de felicidade e paz.

A gente precisa sentir o pulsar, precisa deixar aflorar aquilo que muitas vezes colocamos na caixa e deixamos ali por tempo indeterminado.

A gente quer é dar aquele suspiro profundo e não disfarçar para o universo que estamos indo bem, que estamos correndo atrás.


Que dá para gente plantar muita coisa e colher outras tantas nesse jardim do cotidiano.

Que dá para misturar tudo sim, dá para separar, dá para agradecer; Dá para abençoar.

Então vamos pela nossa estrada, vamos ofertando aos dias nossas possibilidades.


Mesmo que a gente se perca, mesmo que muitas vezes os nossos sentimentos fiquem na dobra daquele blusão pendurado dentro armário.

Mesmo que por vezes não consigamos levitar por conta de nossos exageros internos.
O importante é se reconquistar, é travar a luta contra o ego, contra o que mal nos diz.
É colocar a vida para viver e ter mais tempo para estar feliz.

Porque o que a gente entende como sincero é bom. O que a gente desalivia sendo passível de esquecimento, melhor.

Então vamos cantar uma canção, fazer um som, chamar alguém para repartir momentos conosco ou que a gente se vire sozinho sentindo-se em harmonia com as horas que nós mesmos nos propiciamos como refúgio de contentamento sem que ninguém nos interrompa.

Se nós realmente estivermos a fim de desbravar aquele tanto de loucura que nos traz brilho no olhar, vamos lá!.

Não precisamos pensar tanto. Muitas vezes o que nos limita é o medo, o sofrer por antecipação. É o imaginar demais.

Vamos embarcar em novas viagens. Não sejamos só passageiros dispersos e desinteressantes vendo o trem da vida passar. Somos mais do que imaginamos. Somos melhores quando acreditamos nisso.

Não acho que seja tarde, não acho que seja nada. Acho que o que a gente precisa é de uma boa dose de fé e força espiritual.

Não precisamos de aprovação, não precisamos do olhar desinteressado de ninguém. Nem de quem se ache superior a gente.

Existe gente que sabe ser interessante sem precisar forçar nada. Que chega acariciando nossas beiradas e vai se aprofundado dentro de um abraço feito laço que sustenta.

Quem se acha muito, muito se perde e tenho certeza que pouco consegue se encontrar.

____________

Direitos autorais da imagem de capa: vadymvdrobot / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.