5min. de leitura

Faça dessa frase um mantra: “Só por hoje, não vou desistir, amanhã eu penso nisso.”

O que a gente precisa entender é que há tempo para tudo e a pedagogia de Deus em relação ao tempo e à espera. É preciso saber esperar o instante exato de colher os frutos dessa espera, dessa luta. Faça dessa frase um mantra: “Só por hoje, não vou desistir, amanhã eu penso nisso.” 


Em um dia, comum como tantos outros, um sonho nasce e escolhe seu coração para fazer morada. Daí você nutre e se apega, cria expectativas, faz planos e… você se frustra.

Sim. Desculpe o balde de gelo sobre sua fantasia, mas, inevitavelmente, você vai se frustrar. Seja porque as coisas possam não sair exatamente do jeito que você imagina, seja porque surgirão obstáculos enormes, quase formando um muro entre você e o seu sonho. Sua realidade ideal parecerá tão distante, que você vai pensar coisas do tipo: “É impossível.”, “Vou parar por aqui porque não quero nadar e morrer na praia” ou ainda “Isso não é pra mim.”.

Todo mundo passa por isso ao menos uma vez na vida, e todo mundo que um dia alcançou grandes coisas, abdicou, sofreu, lutou, cansou, desanimou, quase desistiu e só chegou lá por um detalhe crucial: “o quase”.


Quem quase faz alguma coisa, não faz nada, logo, quem quase desiste, escolhe persistir.

Não é fácil, o amor não corresponde, o empreendimento não evolui, os currículos são enviados e nem sequer uma entrevista de emprego, a doença não sara, o amigo não aceita o pedido de perdão, a vida financeira não prospera e a lista de problemas parece não ter fim, apesar de todos os esforços. Tantos questionamentos e não há uma resposta.

Você já reparou que há fases em que nada parece dar certo? Que não importa o quanto se esforce nada progride? O mundo gira e você entontece simplesmente porque não consegue acompanhar o movimento. Sua vida estagnou, regrediu e a vontade é de jogar tudo para o alto. Mas você precisa continuar.

Quando a gente cansa, a solução é descansar. Quando se perde, é preciso recalcular as rotas e encontrar um novo caminho. Quando ouve um não é preciso pensar em como transformá-lo em um sim. Quando erra a estratégia, é preciso mudá-la, e quando acerta e ainda assim não vê resultados, o jeito é insistir nela até que algo aconteça.


A única alternativa disfarçada de solução que não leva a lugar algum (seja ao destino almejado ou ao aprendizado) é a desistência.

Desistir só vai fazer você continuar exatamente onde está, e a menos que você queira passar o resto da vida na passividade de um mero espectador, é melhor subir ao palco e fazer esse espetáculo acontecer, mesmo que erre a marcação, tropece, esqueça a fala e se perca em alguns momentos.

O que a gente precisa entender é que há tempo para tudo e a pedagogia de Deus em relação ao tempo é a espera. É preciso saber esperar o instante exato de colher os frutos dessa espera, dessa luta.

Quando você planta uma semente de rosa, precisa de tempo, de cuidado diário, de dedicação constante, paciência, amor e vontade de ver a roseira florescer, para enfim contemplar os resultados de todo esse esforço.

É a importância que um sonho tem para você, que vai fazer com que persista até vê-lo realizado.

A persistência vai levar você a lugares inimagináveis. Então faça dessa frase um mantra: “Só por hoje, não vou desistir, amanhã eu penso nisso.”


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: jovicavarga / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.