4min. de leitura

FALA COMIGO…

Fala comigo…


Fala da parte boa, do que te motiva. Conta teus sonhos e desejos; solta em mim teus risos contidos, a ansiedade da comemoração, o suspiro do alívio.

Fala comigo sobre aquilo que te nutre a alma, o que te arranca do teu estado de inércia. O que te faz melhor; fala disso tudo que te faz tão vivo e radiante.

Fala baixinho, quase em segredo, para que ninguém possa roubar sua conquista; descreve teu sonho chegando em forma concreta; imagina junto comigo, em cenas, quando e como será exatamente. Fala de suas reações, de como pretende agir, o que pretende falar. Fala de si, como quem fala de um super-herói, que deixo você ser quem você quiser… E acho graça.


Tenta contar como é essa tua paz. Fala como é a certeza do caminho certo, da leveza da vida. Traduz todo esse seu mundo bom.

Deixa eu rir alto dos teus sorrisos, concordar com tuas falas, vibrar suas conquistas, ser testemunha do que te faz bem.

Fala de você quando bebê, da sua parte fofa; da tia, dos recheios dos bolos prediletos; da vizinhança; conta da alegria impressa na sua personalidade. Fala da sua superação, do seu crescimento, da autonomia; da chegada da maturidade.


Alimenta sua euforia com os meus abraços. Conta em detalhes; fala nomes, use gírias, descreva lugares. Abraça… E roda-me. Gira-me em torno da sua luz.

Fala comigo sobre as experiências que valeram a pena, sobre as vitórias no trabalho, sobre todo esse orgulho de ser você.

Deixa eu entrar no seu estado de graça, estar onde tudo tomou um lugar certo. Permite eu admirar toda sua arrumação interna, seu caminho já percorrido, todos resultados já alcançados.

Fala comigo como quem precisa partilhar uma dor, um problema; um dilema. Mas fala rápido, alto, alegre; entre dores na barriga e gargalhadas intermináveis.

Deixa eu ser o alvo dos seus ataques de riso. E para ter a sensação de uma boa vingança, faça cócegas, à força, entre beijos e quase “nãos”.

Fala comigo… Como quem perpetua seu eu, compartilha intimidades e te conhece como ninguém. Fala sem reservas, sem medos, sem objetivos, sem interesses… Sem pensamentos e até mesmo sem falas.

Só fala…

Fala pelo não verbal, fala pelo olhar, fala pelo não-olhar. Fala pelo seu silêncio, pela sua ausência.

Fala comigo…. Em sonho, por telepatia; através de um cheiro que passa por mim. Fala por anjos que acompanham meu caminho, através de novas possibilidades; fala comigo por meio de novos projetos….

Fala através da sua existência neste mundo – pela energia, por tudo meu que ficou em você; pela lembrança. Pela saudade….

Fala comigo. Como é ser assim, tão feliz.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.