Família adota 31 crianças sem lar e lhes oferece muito amor para recomeçar a vida

4min. de leitura

Nesta crise de coronavírus, essa família costarriquenha, que já adotou mais de 150 crianças e jovens, resolveu oferecer um lar de verdade para 31 pequenos. Isso é que é amor!



As famílias podem ter muitos tamanhos, e o casal costarriquenho, Melba Jimenez, 68, e Victor Guzmán, 74, decidiram que a sua seria muito grande!

Depois de terem seis filhos biológicos, eles decidiram aumentar a família e há 40 anos vêm adotando crianças e jovens, e oferecendo-lhes um lar com muito amor e carinho para que possam recomeçar e ter uma vida feliz.

Em todo esse tempo, o casal já adotou cerca de 150 crianças e jovens, de 3 a 25 anos, e cuidou de todos até que tivessem idade suficiente para sair de casa e seguir o próprio caminho, com autonomia e segurança.


Melba e Victor estavam tranquilos nos últimos tempos, com os filhos encaminhados e independentes, mas a crise de coronavírus fez com que voltassem a pensar nos pequenos que estão nas ruas do país, contando com a própria sorte, e tomassem uma decisão: adotar mais crianças para cuidar e amar durante este período tão complicado.

E assim aconteceu. Há mais ou menos seis semanas, quando a pandemia se agravou na América Latina, o casal vem dividindo a rotina com os novos filhos.

A história da família foi contada pelo site Reuters, ao qual Melba disse que este é um momento muito sério e que temos de cuidar uns dos outros por amor e responsabilidade.


Sustentar tanta gente assim não é nada fácil. O casal vive de sua aposentadoria, mas sempre acaba recebendo ajuda, como roupas e alimentos, de vizinhos que admiram a sua bondade e empatia.

Durante o período de isolamento, manter os jovens ocupados e entretidos tem sido um desafio, mas um doador anônimo presenteou a família com uma casa espaçosa, em San José, e a qual tem sido muito bem aproveitada.

Os filhos adotivos ajudam nas tarefas diárias, como varrer, cozinhar, ir ao mercado e ajudar os irmãos mais novos com sua rotina.

Na entrevista, Melba acrescenta que é uma experiência difícil tornar as coisas interessantes para que as crianças não se sintam estressadas, mas também é muito linda.

Realmente, é uma experiência linda e carregada de muito amor e generosidade!

Abrir as portas da própria casa e sustentar outras pessoas é algo que a maioria de nós não faria.

Que essa família seja sempre abençoada!

Compartilhe essa história tão especial com seus amigos nas redes sociais!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais das imagens do texto: Reuters.

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 09/05/2020 às 2:47






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.