Família

“Família é família”: pai adotivo de menina negra faz importante reflexão após cena de racismo

Depois de um momento desagradável de preconceito, esse homem chamou a atenção sobre a importância da aceitação e do respeito ao próximo. Confira!



O respeito e a tolerância são valores fundamentais para os nossos relacionamentos sociais funcionarem, mas muitas pessoas parecem não se importar em desenvolvê-los.

O preconceito, em alguns momentos, vem antes do amor ao próximo, e isso resulta em situações muito sérias de discriminação, que podem marcar a vida de muitas pessoas, prejudicar seriamente a sua autoestima e senso de valor pessoal.

Erik Alexander, um homem homossexual casado e com uma filha adotiva negra abriu o seu coração em um relato ao Love What Matters sobre uma situação muito desconfortável de racismo que viveu com sua família em um restaurante, aproveitando para ressaltar valores que muitos de nós parecem se esquecer.


Direitos autorais: reprodução Instagram/@nolapapa.

Enquanto fazia uma refeição com a família, ele não pôde deixar de reparar em uma mulher que estava em outra mesa e os observava de maneira estranha. Erick contou que, enquanto ele e a família comiam, ela olhou para eles indignada, franzindo a testa, semicerrando os olhos e balançando a cabeça.

O exagero de suas expressões fez até com que os acompanhantes os olhassem, para saber o que estava chamando a sua atenção.

O episódio incomodou muito o homem, que agradeceu pelo fato de a maioria de sua família estar de costas para a mulher, para não ver as expressões de desaprovação da desconhecida.


Ele disse que foi perceptível que a mulher se incomodou com o fato de a menina ser negra e que a “raiva” que ela demonstrou nunca saiu de sua lembrança.

Ele aproveitou sua experiência desagradável para tentar conscientizar as pessoas sobre algumas coisas.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@nolapapa.

O pai disse não entender por que as pessoas perdem seu tempo com esse tipo de atitude, e questionou se o fato de ele ter sua família faz com que elas se sintam ofendidas. Também acrescentou que ele e o marido salvaram a filha de uma vida de muitas dificuldades através da adoção.


Segundo Erik, que é cristão, Deus ama e aceita sua família como ela é e que as suas diferenças não importam. Também ressaltou que é fundamental termos boa relação até mesmo com aqueles que não pensam como nós.

O homem disse que ele e o marido fariam qualquer coisa por seus três filhos e que é função dos pais moldarem suas crianças com bons exemplos, pois elas são o “futuro”. Ele ainda reforçou que todos temos o poder de iluminar ou escurecer o dia das outras pessoas, e que não devemos ser “nuvens” para ninguém.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@nolapapa.

Finalizando a sua mensagem, Erick escreveu uma frase de muito significado: “Independentemente de quem você ama ou da cor da sua pele, família é família. Ponto.”


Ele demonstrou muita sabedoria, e certamente está criando, junto ao marido, filhos respeitosos e condescendentes, que reconhecem o seu valor e sabem que são amados.

Que sua mensagem sirva de conscientização para muitas pessoas.

Compartilhe-a através das redes sociais!


Escritora critica mães que reclamam do ensino on-line: “Você escolheu ter filhos e escola não é babá”

Artigo Anterior

Brasileiro que sofria preconceito por ter vitiligo vira modelo e tem reconhecimento internacional!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.