Comportamento

Família Real: a babá de George, Charlotte e Louis é proibida de dizer palavras comuns na frente deles

Capa Familia Real baba de George Charlotte e Louis e proibida de dizer palavras comuns em frente a eles

A babá responsável pela pequena realeza tem regras severas a seguir quando está na frente das crianças, além de diversas obrigações.

O duque e a duquesa de Cambridge, o príncipe William e sua esposa Kate Middleton, contrataram uma das melhores babás do mundo para ajudar a cuidar dos três filhos, o príncipe George, a princesa Charlotte e o caçula príncipe Louis.

Maria Borrallo, que estudou no prestigiado Norland College, em Bath, foi contratada pela realeza em 2014, quando George, o mais velho, tinha apenas 8 meses.

De acordo com informações apuradas pelo portal de notícias britânico The Mirror, desde então Borrallo mora no Palácio de Kensington e viaja com a Família Real quando necessário, sempre com uma presença discreta e disponível para atender às necessidades dos pequenos.

Embora não seja difícil imaginar que a vida junto da Família Real seja marcada por normas rígidas, existe uma regra muito curiosa sobre o trabalho de Maria: ela é simplesmente proibida de dizer certas palavras na presença de George, Charlotte e Louis.

2 Familia Real baba de George Charlotte e Louis e proibida de dizer palavras comuns em frente a eles

Licenciada para o site O Segredo: Depositphotos

Maria passou por uma capacitação específica ministrada para mulheres que irão trabalhar como babás dos monarcas mais conhecidos no mundo.

Além de aprender habilidades de autodefesa e direção defensiva, todas as pessoas que estiverem passando pelo preparo são ensinadas que certas palavras não podem ser ditas na frente das crianças reais, e são termos bem comuns do nosso dia a dia, contou Louise Heren, uma autora que passou um ano nessa capacitação, pesquisando para um documentário.

Em entrevista ao The Mirror, ela contou que as mulheres que estão sendo treinadas para o ofício estão terminantemente proibidas de dizer as palavras “criança” e “crianças”, especialmente se for para se referirem aos pequenos monarcas, estes devem sempre ser chamados e mencionados pelo nome.

De acordo com Heren, essa regra tem como objetivo marcar o respeito que se tem pelos pequenos como indivíduos, membros da Família Real tão importantes, senão mais que qualquer outro.

Quem tem contato com a dinâmica da realeza britânica não tem dúvidas de que Maria segue essa e todas as regras à risca, disse Heren. Inclusive, acredita-se que Maria seja bem rigorosa com a educação de George, Charlotte e Louis.

A autora diz ainda que no Norland, onde Maria recebeu o treinamento para babá, a regra era clara: não pode haver bagunça e as crianças devem ser, acima de tudo, disciplinadas. Pois quando aparecem em público, seja em viagens reais ou aparições cotidianas ao lado dos pais, é simplesmente inadmissível que eles estejam chorando, fazendo birra ou aparentando algo fora de ordem. Todos os membros da realeza passam por um gigantesco escrutínio de sua imagem, inclusive as crianças, logo o plano é sempre evitar dar assunto para os tabloides trabalharem.

Os príncipes e princesa, filhos de Kate e William, têm horário de dormir —  7 horas da noite —, que deve ser cumprido. Outra regra é quanto às brincadeiras: todas devem ser ao ar livre, independentemente do clima.

Heren disse ainda que a forma como Maria brinca com os pequenos também reflete muito sobre como lhe foi ensinado o ofício de babá real em Norland. De acordo com a escritora, na capacitação, as mulheres são incentivadas a sempre ensinar algo às crianças de forma lúdica, como passeio de bicicleta, jardinagem, brincadeiras com os cachorros da família, entre outras atividades.

E como esses momentos devem ocorrer fora de casa, pode ter certeza de que, além da babá, George, Charlotte e Louis sempre estarão escoltados por seguranças, assim como os demais membros da realeza.

0 %