Comportamento

Faxineiro de escola infantil é presenteado com R$200 mil e recebe o “título de herói”. Os alunos o valorizam!

O faxineiro Raymond Brown foi homenageado pela comunidade escolar depois que perdeu um prêmio estadual. Todos quiseram lhe mostrar o seu valor!



Muitas pessoas têm longas jornadas de trabalho em atividades invisíveis e essenciais para o funcionamento da nossa sociedade. Normalmente, em empregos considerados de “segunda categoria”, mas que, sem eles, o sistema capitalista não funcionaria da forma como está hoje.

Já parou para pensar de quantos trabalhos estamos falando? A limpeza, o plantio e cultivo de alimentos, o cuidado de pessoas, a coleta seletiva, a condução, a jardinagem, a mecânica, entre várias outras funções essenciais, que são desvalorizadas pela maioria dos indivíduos.

São trabalhos menos reconhecidos, mas que têm verdadeiro impacto em qualquer comunidade, por isso deveriam de fato ser mais valorizados. Na Carolina do Norte (Estados Unidos), pais e alunos da escola White Oak Elementary se uniram para presentear o zelador com um prêmio que eles sabiam que faria diferença em sua vida.


Raymond Brown trabalhou, nos últimos 15 anos, mantendo a limpeza e jardinagem da escola White Oak.

Em 2020, ele foi indicado ao Prêmio Herói Escolar da Carolina do Norte, mas infelizmente não conseguiu ganhar, mesmo recebendo muitos votos. Toda a comunidade escolar sentiu a derrota junto com o zelador, e percebeu que precisava fazer algo.

Mais do que apenas alguém que cuida de um ambiente, Brown é visto pelos pais como alguém capaz de construir relacionamentos sinceros com os alunos, incentivando-os a ser cada vez melhores. A mãe, Adrian Wood, reconhece esse sentimento, já que o zelador demonstra, diariamente, muito carinho e cuidado com seu filho Amos, que é autista.

Brown disse que sabia que o menino precisava criar uma conexão com alguém da escola, já que esse momento seria muito difícil para ele. Um se apegou ao outro nesse momento tão delicado, hoje o zelador o chama de Famous Amos (Amos Famoso, em inglês). Ele é reconhecido como a base sólida da escola, alguém que trabalha diariamente pelo bem da comunidade, assim como qualquer outro funcionário do local.


Direitos autorais: reprodução/White Oak Elementary School.

Adrian convocou os pais e professores para arrecadarem dinheiro para o Sr. Brown, quando perdeu o Prêmio Escolar que tanto queria, e postou em seu blog o que chamou de Famous Amos Award (Prêmio Amos Famoso, em inglês). A mãe se surpreendeu quando descobriu que, além da comunidade escolar, pessoas de fora também doaram, chegando a arrecadar cerca de US$ 35 mil, cerca de R$ 200 mil.

A mãe conta que, por muitos anos, sentou-se na igreja e pronunciava as palavras “dar é muito mais do que receber”, mas apenas compreendeu essa máxima quando organizou a arrecadação.

Ela acredita que todos precisam se esforçar mais para reconhecer pessoas como o Sr. Brown, que não representam o glamour e não vão aparecer nas telas, mas estão realizando ótimos trabalhos em suas vidas e nas outras que encontram.


Direitos autorais: reprodução/White Oak Elementary School.

A entrega do prêmio foi feita como uma surpresa, Brown pensava que estava indo encontrar sua família para comemorar o 38º aniversário de casamento. Sua filha havia pedido que eles se encontrassem todos na orla, às 11h, para que pudessem tirar algumas fotos bonitas. Quando ele chegou, foi surpreendido por uma multidão de pessoas da comunidade de Edenton, que se reuniram para homenageá-lo. O momento foi compartilhado em vídeo no YouTube.

O zelador disse que está usando o dinheiro para comprar comida a todos os funcionários e sorvetes para as crianças, além de manter sua casa e talvez um caminhão. Sua principal meta é continuar ensinando a bondade, compaixão e orientar as crianças. Um verdadeiro herói de sua comunidade!

O que você achou?


Comente abaixo e compartilhe essa história nas suas redes sociais!

Pneumonia de Paulo Gustavo é controlada e ator apresenta melhora na função pulmonar

Artigo Anterior

Idoso que morava nas ruas ganha o coração de menino de 4 anos e família decide adotá-lo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.