Fazer de um limão uma limonada ou da crise uma oportunidade é o que o fará avançar



O poder das crises!

Crise, uma palavra curta, mas assustadora para muitos. Alguns, a enxergam como uma coisa extremamente ruim, outros como inimiga, outra parcela ainda como maldição e poucos como uma oportunidade.

Pensar em uma vida sem crises é utopia, mas alguns insistem em acreditar que o viver é linear. A realidade nua e crua, é que a vida é cíclica. Ou seja, vivemos diversos ciclos simultâneos durante nossa existência terrena. Pessoas vem e vão, empresas abrem e fecham, relacionamentos começam e terminam. Apesar de odiada por muitos, a tão temida crise é justa. Ela visita ricos e pobres, patrões e funcionários, homens e mulheres, pais e filhos. Portanto, após concluir que ela é inevitável, refletir sobre como encará-la é imprescindível.

Alguns, ao olhar para um copo pela metade, concluem que o mesmo está meio vazio e outros observando o mesmo objeto, chegam à conclusão que ele está meio cheio. Isso só é possível, em função da cosmovisão, ou seja, da visão de mundo de cada um dos grupos citados.

Fazer de um limão uma limonada ou da crise uma oportunidade é o que o fará avançar.

Na crise, você enxerga erros anteriormente ocultos, melhorias que precisam ser feitas, ações que necessitam ser deixadas e sobretudo oportunidade de mudança.



Quantos casais após desentendimentos tiveram a oportunidade de refletir sobre suas ações e iniciar um novo ciclo agora mais consciente e melhor? Quantas empresas após uma crise nas finanças, mudaram sua forma de gerir? Por fim, quantas pessoas após experimentarem acidentes terríveis, passaram a valorizar mais a vida e as pessoas? Afirmo, sem medo de errar, que os acontecimentos acima citados, fizeram: casamentos melhores, empresas mais lucrativas e pessoas mais felizes.

Crises revelam oportunidades e promovem mudanças!


Direitos autorais da imagem de capa: SH/Unsplash.






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.