Reflexão

Felicidade é poder fazer o que a gente ama, ter alguém para amar e sonhos para realizar!

felicidade e poder fazer o que a gente ama ter alguem para amar e sonhos para realizar
Comente!

Uma reflexão sobre a importância de se concentrar na própria felicidade.

O maior objetivo de todas as pessoas na vida, aquilo que as motiva a acordar cedo todos os dias e se dedicar aos estudos, ao trabalho e aos relacionamentos interpessoais, sem dúvida nenhuma, é a felicidade.

Chegamos a este mundo sem ter nenhuma certeza, não sabemos por que estamos aqui ou o que nos espera quando chegar o nosso momento de partir. Nesse sentido, uma das coisas que nos confortam é tentar encontrar um sentido em nosso dia a dia, criando vínculos e alcançando metas que nos trazem verdadeiramente a felicidade.

Motivados por um significado maior, cada um de nós se dedica à construção de sua felicidade, seja viajando, estudando, fazendo trabalho voluntário ou até mesmo se isolando do mundo e levando uma vida de solitude e tranquilidade.

A felicidade é um conceito muito pessoal, e nunca deve ser julgada. Quando se trata desse assunto, a única situação que deve chamar a nossa atenção é perceber que toda a nossa felicidade está voltada para as pessoas ao nosso redor.

Frequentemente, quem tem personalidade amorosa pode dedicar sua vida a servir, associando o seu sentimento de felicidade pessoal com a satisfação daqueles à sua volta.

Todos nós conhecemos algumas mulheres que incorporaram tanto o papel de mãe que só se sentem realmente satisfeitas quando os filhos conquistam algo ou algum parceiro romântico que excluiu a própria personalidade e hoje vive em função do sucesso da pessoa ao seu lado.

É claro que faz parte da natureza humana apoiar as pessoas que amamos e celebrar quando elas alcançam algo muito especial, mas precisamos ter bem claro que a felicidade é algo individual e precisa ser motivada por cada um.

Uma consequência bem triste das pessoas que só se alegram pelas conquistas alheias é um vazio interior. A vida está constantemente mudando, os filhos crescem e as pessoas vêm e vão. Nesse sentido, se não tratarmos de construir a própria felicidade sozinhos, chegará um momento em que não teremos mais por quem viver, e só assim nos daremos conta de que perdemos tempo demais vivendo a vida dos outros quando poderíamos estar cuidando da própria história.

Comece a trabalhar em si a ideia de que a sua felicidade tem que vir de você e que não depende de luxos e riquezas para se manifestar.

Ser feliz é ter a liberdade de fazer aquilo que amamos, ter pessoas ao nosso lado para amar verdadeiramente e uma lista de sonhos e objetivos que nos mantêm firmes em nosso caminho todos os dias, mesmo quando nos deparamos com as adversidades.

Desprenda-se de tudo aquilo que não acrescenta nada ao seu ser hoje mesmo e mova-se na direção daquilo que deseja construir. Deixe de lado as pessoas egoístas, que apenas abusam de sua boa vontade, permita que os seus filhos vivam mais por si mesmos, para que aprendam a se virar na vida, encontre outra alternativa para se libertar do emprego que só lhe causa estresse.

Abra-se para o recomeço, comece a curar as feridas do passado que afetam a sua vida no momento presente e acredite que você é capaz e merecedor das melhores coisas da vida.

A felicidade, uma construção diária, está intimamente ligada às nossas atitudes diante de tudo aquilo que surge em nosso caminho. Portanto, erga a cabeça, respire fundo e siga em frente, com confiança, focando em si mesmo, e você perceberá que as coisas melhorarão a cada novo dia!

Comente!

Só 10% das pessoas conseguem encontrar a falha na ilustração. Você é uma delas?

Artigo Anterior

Americano é solto depois de 40 anos preso por um crime que não cometeu

Próximo artigo