5min. de leitura

A felicidade não é ‘ter’, é ‘ser’. Permita-se ser feliz!

Quando foi a última vez que você se permitiu?

Talvez você esteja pensando, tentando responder, mas não consegue recordar… Pois é, o meu conselho para você hoje é: PERMITA-SE.


No mundo em que vivemos hoje parece clichê, mas eu pensei seriamente sobre isso, e é um conselho muitíssimo importante para mim e para você. Mas aí você me pergunta: permitir-me o que? E eu digo: permita-se tudo!

Permita-se conhecer novas pessoas, aquelas que você tem um pré-conceito formado, aquelas que você nunca se imaginou conversando, as que são diferentes de você.

Permita-se viajar, sair da sua cidade, conhecer outro país. Conheça, explore e descubra os lugares onde nunca esteve, veja as coisas boas de uma terra diferente da sua.


Permita-se ousar. Faça algum esporte radical, salte de paraquedas, faça um tour de balão, faça um rafting ou rapel, pule de bungee jump, aprenda a surfar ou faça um mergulho.

Permita-se aventurar na vida, faça coisas que tem vontade, escolha um dia para dormir até a hora que você quiser (se possível desligue o celular), saia da dieta: coma batata frita com refrigerante e de sobremesa faça um brigadeiro, fique à vontade, a casa é sua.

Assista a filmes, séries, novelas, desenho e o que mais você quiser. Esqueça o relógio, perca a hora mesmo! Faça as unhas, a barba, corte ou pinte o cabelo – tudo isso é passageiro.


Permita-se ser gentil com as pessoas, diga bom dia, boa tarde e boa noite. Pergunte, sinceramente, como o outro está, e espere pela resposta. Abrace com carinho, beije com amor.

Trabalhe com vontade, faça as coisas bem feitas e com bom humor!!

Permita-se ver a vida e as coisas que acontecem no cotidiano de forma diferente. Quando acontecer algo que todos vejam como RUIM, pare e pense, tente olhar com outros olhos, por outro ângulo.

Quem sabe ir a lugares que há muito tempo você não vai ou que nunca tenha ido, como por exemplo: num asilo, orfanato, numa casa de deficientes ou talvez adote um cachorro, doe sangue, vá às ruas e dê comida ou um agasalho a um morador de rua, bata um papo com eles. Pode ser que eles tenham mais para ensinar do que você imagina. Por isso, permita-se!

Permita-se receber visitas, faça um almoço ou compre pizza, desligue o wi-fi e passe o tempo todo com aquelas pessoas de verdade, contando histórias, dando risada e por um momento olhe ao seu redor e agradeça por aquele momento.

Saia para se divertir, dance sem se importar com quem está ao seu redor, cante no karaokê de algum barzinho, conte piadas, relembre momentos engraçados.

Pense de forma diferente, tenha a mente aberta para mudar de opiniões, idéias e convicções conforme você acredita ser viável. Mude mesmo!

Mude o visual, mude de roupas, mude de lugares frequentados, escute outros estilos de músicas, conheça outras coisas. Mude! Mudar faz bem!

Permita-se renovar suas amizades, ligue para aquele amigo que há muito tempo você não vê e não conversa, convide-o para um café ou para tomar uma cerveja. Dê risada, mate a saudade!

Permita-se perdoar. Perdoe porque você também erra. Perdoe por você, porque faz bem, perdoe porque o perdão cura.

Permita-se doar-se. Doe seu tempo, seu dinheiro, suas palavras, seu abraço, seu colo, seu beijo, seus conhecimentos, suas roupas, seus sapatos. Você sabe o que doar!

Permita-se aprender, tudo que acontece na vida é um aprendizado.

Permita-se,pelo menos um dia, fazer o que nunca fez, falar o que nunca falou, beber o que nunca bebeu, rir do que nunca riu, divertir-se como nunca se divertiu, quebrar alguma regra, sentir adrenalina.

A felicidade não é ‘ter’, é ‘ser’. Permita-se ser feliz.

Permita-se viver uma vida que ‘valha’ a pena todos os dias. Viva à sua maneira, viva de forma que você se sinta bem e faça bem aos outros. Viva por você! Só não viva por viver.

Permita-se, hoje e sempre! Você merece!

____________

Direitos autorais da imagem de capa: goodluz / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.