Notícias

Fernando Fernandes surpreende ao revelar detalhes da vida sexual com namorada

Foto: Reprodução
Fernando

Fernando Fernandes deu detalhes sobre a vida sexual com a namorada, a modelo Laís Oliveira, com quem mantém um relacionamento há dois anos. O casal se conheceu na internet e já está até morando junto. “Quando você se sente seguro sobre com quem quer ir para a cama, você se entrega para o relacionamento e não fica pensando nas deficiências, que todos temos. Novas portas de prazer se abrem”, explicou o atleta.

O apresentador de No Limite (Globo) é deficiente físico desde 2009, quando sofreu um acidente de carro e se tornou paraplégico. “Quando a gente senta na cadeira, a gente começa a ver a vaidade de forma diferente. É um processo de descoberta e a autoestima é fundamental. Redescobrir a sexualidade é apenas mais um passo neste novo mundo”, avaliou em conversa com a revista Quem. “Aprendi a me tornar uma pessoa mais livre.”

Em relação à namorada, Fernandes contou que já se considera casado com Laís. “Ela morava em Nova York. Um dia veio para São Paulo e a gente se encontrou. Veio a pandemia e ela não conseguiu voltar para os Estados Unidos. Ela ia ter que ficar mais tempo aqui e passamos a morar juntos. Fomos nos conhecendo melhor durante a pandemia e hoje parece que faz muito mais tempo que nos conhecemos”, lembrou.

Laís e Fernando não escondem que estão apaixonados nas redes sociais. Nesta sexta-feira (3), por exemplo, a modelo compartilhou uma foto com o atleta e afirmou sentir saudades do apresentador. “Saudades, meu bonito”, escreveu. Fernandes logo respondeu, comentando a imagem. “Já estou chegando, bonita”, afirmou, acrescentando emoji de coração.

Screenshot 2 2

Direitos Autorais: Reprodução/Instagram

O casal tem planos inclusive de aumentar a família. “Sempre tive o sonho de ter um filho e a gente começou a correr atrás disso. A minha vida sexual com a Laís é ótima e perfeita, mas não é fácil para um lesionado medular ter um filho”, explicou.

“Estamos nesta busca de informação para sabermos como podemos realizar esse sonho. Ainda há muita falta de informação. Estamos tendo dificuldade em saber mais sobre esse processo de fertilização para quem é lesionado medular. Mas ter um filho é um desejo que pretendo realizar”, destacou em conversa com a publicação.

0 %