Família

Filha oficializa padrasto como pai no sobrenome e o homenageia com um gesto emocionante

filha oficializa

A jovem Nicole decidiu adotar o sobrenome do padrasto como seu, oficializando a paternidade de Oton Nasser.



Alguns relacionamentos interpessoais são tão mágicos que aumentam a fé na humanidade. O processo de adoção é algo difícil, a relação entre padrastos e madrastas com seus enteados também é complexa.

A quantidade de sentimentos envolvidos na mudança e nova configuração familiar podem fazer com que crianças e jovens não sejam tão receptivos com o novo companheiro ou companheira de seus pais.

Mas, em alguns momentos, tudo converge para que a harmonia seja o ponto alto do convívio familiar. Em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, um emocionante caso aconteceu no dia 15 de abril, o advogado Oton Nasser, de 54 anos, foi surpreendido por um adorável gesto de sua enteada.


A jovem Nicole, de 16 anos, oficializou o sobrenome do padrasto como seu próprio, mostrando que a relação entre os dois sempre foi de pai e filha.

Com a ajuda da mãe, da tia e da advogada, sócia de Oton, Nicole conseguiu convencê-lo a comparecer ao 9º Cartório de Notas e Registros. Em reportagem ao Campo Grande News, o advogado explicou que estava muito emocionado, já que a interação entre eles sempre foi pura e verdadeira.

Nicole explica que quis tornar oficial o que já sentia em seu coração, e que, afetivamente, Oton já era seu pai há muito tempo. A jovem perdeu o pai quando tinha 6 anos, e afirma que se lembra de tudo dele, o que tornou ainda mais difícil a despedida.

Como eram muito próximos, a menina revela que teve muitas dificuldades em conseguir superar a perda, mas que a vida se encarregou de tudo.


Luciana Nasser, mãe de Nicole, conta que passou 10 meses de luto pela perda do marido, não só por si mesma, mas também pelos filhos, que eram muito jovens quando o pai faleceu.

Além de Nicole, Gustavo, seu filho caçula, tinha apenas 2 anos na época. Depois que a fase de tristeza passou, ela trocou a solidão pelo atual relacionamento com Oton, que considera maduro e verdadeiro, já que ambos tinham filhos de outros parceiros e queriam algo sério.

Nicole conta que sentiu estranheza quando Oton entrou na rotina familiar, mas que tudo foi muito natural, e que logo passou a “dar uma força” para que ele e sua mãe se casassem logo.

O padrasto passou a assumir a figura paterna que a jovem sentia falta, e que não conseguia encontrar em mais ninguém. Como o relacionamento entre todos sempre foi muito bom, adicionar o sobrenome de seu padrasto sempre pareceu certo.


 




Ver essa foto no Instagram


 

Uma publicação compartilhada por Oton Nasser (@otonnasser)

A jovem permaneceu com o sobrenome anterior, apenas adicionando o do padrasto, carregando assim tanto o nome do pai, quanto de Oton.

Nicole conta que tem orgulho de ter os dois pais em seu nome, porque ambos foram importantes para construir a pessoa que é hoje, e que ninguém a obrigou a estar ali, já que tudo sempre correu de forma muito natural na vida dos dois.

Para a emocionante surpresa, a família toda se encarregou de inventar uma história de que o carro da tia havia enguiçado, e pediram que Oton comparecesse ao cartório.

Quando chegou, o advogado foi recebido com balões e aplausos, enquanto Nicole contava o que estava de fato acontecendo. O pai explica que ficou muito surpreso, já que é sempre ele quem corre atrás de todos os documentos, por conta de sua profissão.

Para Nicole, família é quem escolhe, é quem sempre está junto e quem nos ama. Para a jovem, não existe sentimento mais verdadeiro que esse!

O que achou dessa emocionante surpresa?

Comente abaixo e compartilhe nas suas redes sociais!

“Fiquei calada apanhando para evitar isso”, relata mãe de jovem assassinada pelo próprio pai

Artigo Anterior

“Ele pedia para ir embora, para tirar ele dali”, lamenta mãe sobre morte de filho de 22 anos por covid-19

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.