ComportamentoRelacionamentos

Filhos de pais separados amam diferente dessas 7 maneiras:

filhos de pais separados

O divórcio não é uma experiência agradável para nenhum dos envolvidos, principalmente quando envolve os filhos. Esse evento pode ser traumático para as crianças, pois elas sentem a aura de negatividade ao seu redor e presenciam muitas discussões e, muitas vezes, abusos físicos e emocionais.



Por conta disso, entendem a realidade dos relacionamentos muito novas. Isso as leva a ter uma percepção diferente sobre parcerias românticas e desejos particulares de seus parceiros.

Abaixo estão 7 comportamentos de filhos de pais separados em relacionamentos românticos que mostram que eles:

1. Consideram comprometimento é essencial


Essas pessoas não se importam com declarações de amor em rede sociais e na frente de outras pessoas. O que realmente valorizam é o comprometimento e a honestidade. Já presenciaram muitas mentiras e sabem reconhecer quando alguém não está sendo verdadeiro. Portanto, ao invés de enfeitar suas palavras, invista em suas atitudes.


2. Também podem ter dificuldades em estabelecer relacionamentos

Como já presenciaram experiências negativas de relacionamentos, essas pessoas tentam se afastar de qualquer compromisso de longo prazo, pois são inseguras quanto ao sucesso da relação, isso pode ser assustador para elas.



3. A comunicação é imprescindível

A comunicação é um fator essencial nos relacionamentos, e falta dela pode ter consequências trágicas, desenvolver desconfiança, rancor e outros sentimentos tóxicos, que destroem as relações. Por isso, é fundamental manter uma rotina de comunicação saudável, sempre com honestidade.



4. Eles se esforçam para serem otimistas

Levando em consideração as experiências que os filhos de pais separados já viveram, pode ser difícil manter o otimismo, mas elas tentam o seu melhor. Apesar de saberem que nem tudo dará certo, eles mantém o pensamento de que seu amor vencerá as dificuldades.


5. Questionam tudo


Essas pessoas têm dificuldade em confiar nos outros, por isso tendem a questionar tudo o que acontece ao seu redor. Muitas vezes, isso leva a equívocos, e elas podem interpretar atitudes positivas como maldosas.


6. São extremamente conscientes

Os filhos de pais separados não entram em relacionamentos sem nenhum propósito. Eles analisam a outra pessoa para evitar se machucarem mais tarde. Não agem precipitadamente  quando gostam de alguém, pois aprenderam com a vida que isso é um erro.



7. São muito protetores consigo mesmos

Como já foram expostos a muito sofrimento e negatividade, essas pessoas construíram um muro ao redor de si mesmas para se protegerem de danos. Elas não mostram suas fraquezas e vulnerabilidades para quase ninguém.

Não é fácil se relacionar com filhos de pais separados. Eles são cautelosos e farão de tudo para não serem magoados. No entanto, se você fizer sua parte e motivar seu parceiro a ser melhor, mostrando que vale sua confiança, o relacionamento


“o bolo da minha cereja!”

Artigo Anterior

Impulsividade muita vezes é sinônimo de autossabotagem!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.