ColunistasComportamento

Fofocas boas, elas existem?

FOFOCAS BOAS FOTO DE CAPA

O termo “fofoca” não é bem visto, não soa bem aos nossos ouvidos e nem é bem acolhido, não é mesmo? Eu particularmente não sou amante deste tipo de coisa: fofocar.  Mas já ouvir dizer por aí que existe a fofoca boa. Você acredita? Fofoca boa?! Já ouvir até dizer que existe uma fofoca religiosa, evangelizadora. Você tinha ouvido alguma coisa parecida?



É, fofoca boa é algo diferente e uma coisa um pouco embaraçadora para nosso entendimento, mas nós, os brasileiros, somos assim: inovadores. Se você for fofocar, então, faça uma fofoca boa, ou seja, construtiva, que não denigra a imagem de ninguém.

O que seria uma fofoca boa, quais seus princípios filosóficos? Partindo do princípio brasileirado a fofoca boa é aquela gostosa, descontraída, que só irá beneficiar todas as partes envolvidas, direta e indiretamente, na discussão.

FOFOCAS BOAS - FOTO 01


Fofoque sobre as coisas boas que acontecem coma as pessoas, suas vitórias e alegrias. Aproveite para divulgar bons trabalhos como o meu livro Proposta de Felicidade, disponível no site da editora Multifoco. Kkkkk. Estou amando este tipo de fofoca. Agora escrevendo e refletindo sobre este tema estou a risos: “kkkkkk”. E você está encantado (a) com o termo: Fofoca Boa? Agora não é mais simplesmente a palavra fofoca, mas as palavras: fofoca boa.

Como psicanalista compreendo a força que as palavras têm e o quanto elas podem construir ou desconstruir vidas. As palavras materializam aquilo que há dentro de nós de bom e de ruim. Acredite suas palavras têm poder principalmente sobre sua vida. Mas, não podemos negar a força de nossas palavras na vida de quem amamos e que nos dá sua atenção. Diante do que vimos aqui reflita um pouco sobre como você está utilizando a força das palavras.

FOFOCAS BOAS FOTO 02

Confiança é o termo muito importante para quando proferirmos palavras de vitórias às pessoas que amamos e queremos bem. O amor também se materializa em palavras. Se fofocarmos, fofoquemos lembrando sempre de desejar o bem para todos, mesmo que não sejam pessoas próximas, ou seja, que não temos laços afetivos.


Comuns e extraordinários!

Artigo Anterior

Hipocrisia e traição – covil dos covardes

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.