Comportamento

“Foi escrito há 200 anos”: criativo da Disney explica beijo “não consensual” em Branca de Neve

capafoi escrito ha 200 anos criativo da Disney defendeu beijo nao consensual em Branca de Neve
Comente!

Nas redes sociais, o executivo defendeu que a cena do conto está correta. Entenda!

“Branca de Neve e os sete anões” é um dos contos de fadas mais populares do mundo. Milhares de crianças aprendem essa história ainda pequenas e estão a par de todas as dificuldades enfrentadas pela protagonista com a madrasta, até que consegue o seu “final feliz”.

Uma das partes mais famosas do conto é quando o príncipe encontra Branca de Neve em uma clareira, adormecida dentro de um caixão de vidro, e lhe dá um beijo de amor verdadeiro, que a desperta da maldição e lhes permite ficar juntos para sempre.

Por muito tempo, essa foi uma história vista como mágica e perfeita, transmitida de geração em geração, sem nenhum problema.

No entanto, de alguns tempos para cá, a clássica cena do beijo tem sido alvo de críticas de pessoas que não acham certo o beijo ter acontecido enquanto a personagem estava adormecida.

Em uma matéria ao SFGATE, os editores Katie Dowd e Julie Tremaine disseram que o beijo aconteceu “sem o consentimento” de Branca de Neve e que isso não pode ser uma demonstração de amor verdadeiro, já que, nesse caso, somente o príncipe sabia o que estava acontecendo.

Eles acrescentaram que o consentimento é um grande problema nos primeiros filmes feitos pela Disney, e que ensinar às crianças que o ato de beijar, sem que as duas partes estejam sabendo, é algo errado.

Esse é um ponto de vista compartilhado por muitas pessoas, mas existem aqueles que encaram a história de uma forma mais “branda”, como é o caso de Jim Shull, diretor executivo de criação do departamento de Imagineering da Walt Disney.

Em seu perfil do Twitter, ele decidiu se manifestar sobre o caso. Junto a uma foto que mostra a manchete de uma matéria da Fox News sobre o cancelamento da produção da Disney, Shull disse que, “permitindo que mudanças culturais ocorram ao longo de décadas (…) no contexto da história em que o filme se baseia, a viagem é precisa”, acrescentando que, ainda que as pessoas não gostem da história, é preciso reconhecer que a equipe de produção do filme “fez um trabalho espetacular!”

2foi escrito ha 200 anos criativo da Disney defendeu beijo nao consensual em Branca de Neve

Direitos autorais: reprodução Twitter/@JimShull.

Em outro tweet, ele cita que a história de Branca de Neve, assim como de outros contos de fadas europeus, foram escritas há mais de 200 anos, com o propósito expresso de entreter e educar.

Ainda falando sobre o caso, Shull explicou que existe uma versão do conto de fadas em alemão que conta que a protagonista foi revivida quando um dos servos do príncipe deixa cair seu corpo, desalojando a maçã envenenada de sua garganta, sem a necessidade de beijo.

3foi escrito ha 200 anos criativo da Disney defendeu beijo nao consensual em Branca de Neve

Direitos autorais: reprodução Twitter/@JimShull.

O que você pensa sobre isso? Acredita que é necessário adaptar os contos de fada à realidade atual?

Comente sua opinião abaixo e compartilhe o texto em suas redes sociais!

Comente!

Empresário doa mais de R$ 240 mil para pagar contas atrasadas de 114 famílias!

Artigo Anterior

Garis assaltados enquanto trabalhavam comovem a internet e arrecadam R$20 mil em 48 horas!

Próximo artigo