Notícias

Foto de pai e filho vítimas de guerra é eleita a melhor do ano em prêmio

pai e filho

A imagem de um pai e um filho vítimas da guerra na Síria ganhou como a fotografia do ano, eleita pelo júri do Prêmio Internacional Siena de Foto.



As lentes da câmera do fotógrafo turco Mehmet Aslan capturaram um momento puro de felicidade de Munzir segurando o filho Mustafa enquanto os dois sorriem.

O pai, Munzir, foi vítima de uma bomba lançada em Idlib, na Síria, enquanto caminhava por um bazar.

Mustafa, por sua vez, nasceu sem as pernas e os braços devido a uma doença congênita causada por medicamentos que Zeynep, mãe do menino, precisou tomar após ser intoxicada com um gás que ataca o sistema nervoso.


Em entrevista ao The Washington Post, Aslan contou que deseja que a repercussão da foto ajude Mustafa, de 5 anos, a conseguir as próteses especiais de que precisa, tecnologia ainda não disponível na Turquia.

“Nós queremos chamar atenção [para a necessidade da prótese]. O menino tem muita energia. O pai parece ter desistido”, revelou o fotógrafo. Segundo Aslan, a família mora em uma região turca próxima à fronteira da Síria. Munzir e Zeynep se mudaram para o país para tentar custear os tratamentos médicos e remédios de Mustafa.

“Eu juro que fui de hospital em hospital”, desabafou Munzir. “Não existe uma cidade onde eu não tenha perguntado sobre, mas nada saiu disso.” A história de Munzir e Mustafa se repete com milhões de refugiados sírios que se espalharam pelo mundo, alguns com marcas físicas da guerra civil que acontece há dez anos no país.


Professor cuida do filho de aluna para que ela possa fazer as atividades e dá show de empatia

Artigo Anterior

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.