Comportamento

“Fui vítima da depressão enquanto falava sobre qualidade de vida”, declarou Fernando Rocha

O ator contou sua experiência com a doença enquanto estava no ar em programa focado em saúde e qualidade de vida. Confira!



Fernando Rocha é um jornalista e apresentador, que trabalhou na Globo por quase 30 anos. Seu último trabalho foi no programa “Bem Estar”, ao lado da também jornalista Mariana Ferrão, de 2011 a 2019.

Há alguns anos, ele se tornou um meme e divertiu muitas pessoas nas redes sociais por contar uma piada ao vivo no programa, que não foi muito bem recebida pelo profissional que estava sendo entrevistado no momento.

Segundo informações da Veja, Fernando foi demitido da emissora no começo de 2019, o que o surpreendeu, pois teve de encontrar maneiras de se reinventar profissionalmente.


Desde então, ele se lançou em águas diferentes, fazendo podcasts, programas para plataformas online e até mesmo escrevendo um livro chamado ”Como ser leve em um mundo pesado”. Atualmente, o jornalista compartilha diversos pensamentos e lições com os seus mais de 791 mil seguidores no Instagram.

No entanto, quem o vê sempre sorrindo e bem-humorado pode não imaginar os muitos desafios internos que teve de superar. Em um texto compartilhado pelo Yahoo, Fernando abriu o coração e falou sobre a sua batalha contra a depressão, doença que afeta 16,3 milhões de brasileiros, segundo informações do R7 de dezembro de 2020.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@fernandorocha.

 


O jornalista explicou que não sabe como entrou nesse grupo de pessoas, já que sempre considerou mais alegre do que triste e pela fama de conversador entre os seus amigos. Segundo ele, é difícil determinar o perfil das pessoas que sofrem com depressão, porque os sintomas podem ser os mais variados, como mau humor, apatia e tristeza profunda.

Além disso, a falta de um exame de laboratório para indicar as dosagens depressivas faz com que apenas um médico possa dar esse diagnóstico, o que afasta aqueles que têm medo de buscar ajuda ou preconceito contra a doença.

Fernando contou que foi vítima da depressão mesmo apresentando um programa diário sobre saúde e qualidade de vida, sendo “alegre”, tendo uma família amorosa e se exercitando diariamente.

Contou que está se tratando contra a doença e que hoje em dia, quando olha para si mesmo e a sua rotina, percebe as coisas de uma perspectiva diferente, constatando que vivencia um processo de autoconhecimento, que lhe permite compreender a si mesmo de maneira melhor.



Se estiver passando por crises de depressão e precisar de ajuda, não hesite em discar 188. Este é o número da parceria entre o Centro de Valorização da Vida com o Ministério da Saúde. A ligação é gratuita.

Também é possível encontrar atendimento no endereço eletrônico: www.cvv.org.br para chat, Skype, e-mail e mais informações. Para contatar o SAMU, disque 192. Atendimentos também são realizados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Pronto-Socorro e Hospitais.


Mulher abandona casamento ao descobrir que noivo consumia pornografia: “Me senti traumatizada”

Artigo Anterior

Mãe que teve filho tirado de seus braços ao nascer conseguiu se reunir com ele após 48 anos!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.